domingo, 23 de novembro de 2014

Em musical do Chacrinha, Xuxa resgata roupa usada no Planeta Xuxa exibido pelo VIVA

Coincidência ou não, na mesma semana em que o Canal VIVA reprisou o Planeta Xuxa exibido originalmente no dia 07/06/1997, Xuxa resgatou o mesmo figurino do programa para vestir na peça Chacrinha, o Musical. 


A mesma roupa também havia sido utilizada na turnê do álbum Boas Notícias, também em 1997.




Entrevista Exclusiva: Gisele Delaia

Gisele Delaia, atriz, cantora, modelo, vlogger e ex-Paquita, concedeu uma entrevista exclusiva ao Xuper Blog na qual conta algumas histórias sobre a época em que trabalhou com Xuxa e sobre seu trabalho com o Canal Delaia, seu canal de vídeos no Youtube. Gisele foi Paquita da formação New Generation entre 1995 e 2000 e continuou fazendo alguns trabalhos esporádicos com Xuxa. Confira a entrevista na íntegra:



Você sempre declarou ser uma pessoa tímida e contou que trabalhar com a Xuxa te ajudou muito. E mesmo sabendo da exposição que o posto de Paquita representava, você tinha o sonho de se tornar uma. O que falou mais alto?
Como não era só eu quem ocupava esse posto, acho que o amor pelo meu trabalho sempre falou mais alto.

Antes de entrar no grupo, teve algum momento dos programas da Xuxa que mais te marcou?
Adorava os especiais de natal...

E enquanto Paquita, qual programa ou momento foi mais marcante pra você?
Quando eu fiz uma participação bem significativa em um especial de natal (acho que 1996), onde foi representado uma cena real no qual eu ajudava a Xú a arrumar a árvore de natal da casa dela.

Muitas ex-Paquitas das duas primeiras gerações costumam declarar que havia uma certa rivalidade e também alguns desentendimentos entre elas. Hoje algumas não se falam, enquanto o grupo New Generation aparenta ser bem unido até hoje. O convívio entre vocês era tranquilo?
Muito!



Você declarou que, após sair do grupo, fez alguns trabalhos esporádicos com a Xuxa. Quais foram eles?
Muitas gravações de coro para o XSPB e quadros para o Xuxa no Mundo da Imaginação.

Como surgiu esse convite?
Através da produção musical e produção de elenco, respectivamente.

Seus filhos assistem ao Xuxa Só Para Baixinhos?
Sim.

Fisicamente você teve uma mudança significativa desde a época de Paquita. Além  dos seguidores e daqueles que são fãs até hoje, você ainda é reconhecida nas ruas?
Se eu estiver arrumadinha e maquiada, sim. ;)

Muitos fãs acreditam que se Xuxa deveria voltar a fazer um programa de auditório nos mesmos moldes do Planeta ou até mesmo do "Park". Muitos até sugerem que fosse criada uma nova geração de Paquitas. Você acha que um novo time realmente daria certo hoje em dia ou prefere ver a história do grupo preservada?
Sempre existe espaço para mais e mais paquitas!

Como surgiu a ideia de ter um vlog?
Muitas amigos e conhecidos diziam que eu deveria ser consultora de assuntos domésticos porque eu tenho teorias para tudo nesse assunto. Então resolvi desse jeito.


Muitos vêem a carreira de vlogger ou blogueiro como um mercado de negócio, mesmo que a longo prazo. Você deseja tornar seu canal uma fonte de renda?
Não sei... Já surgiram oportunidades, mas saía um pouco do meu foco e acabei recusando. Estou disposta a fechar parcerias, mas só farei com empresas que confio e que tenham a ver com meu blog.

Além de vlogger, que outro tipo de trabalho se vê fazendo hoje em dia?
Hum... Tô gostando tanto dessa vida que não consigo pensar em outra opção!

Algumas ex-Paquitas já declararam ter tido preconceito por ter trabalhado com a Xuxa e que isso teria afastado algumas oportunidades de trabalho. Você também passou por isso?
Se passei eu não percebi. O preconceito começa com a própria pessoa; então eu acho que nunca sofri deste mal.

Os 30 anos de carreira da Xuxa na TV Globo estão chegando. Conhecendo praticamente todas as ex-Paquitas, você acha que é possível reunir todas as gerações em um programa?
Sinceramente acho impossível. Somos muitas.


sábado, 22 de novembro de 2014

Vídeo Exclusivo: Lobão no Xou da Xuxa

Muitos ainda se chocam quando redescobrem artistas cantando músicas voltadas para o público adulto em programas infantis. E isso acontecia com frequência nos anos 80 não só no Xou da Xuxa, mas também nos programas infantis de qualquer emissora. Alguém consegue imaginar o cantor Lobão cantando em um programa infantil uma música com clara crítica ao governo hoje em dia? 


Naquela época não havia censura nem moralismo. Tanto que Lobão participou se apresentando inúmeras vezes com a faixa O Eleito do seu disco de 1988, que faz uma crítica implícita ao então presidente Sarney.  


Apesar de suas aparições frequentes, no vídeo Lobão não parece muito a vontade cantando rock em um cenário colorido, nem no bate-papo com Xuxa, que parecia super empolgada com a presença do artista.


Anos mais tarde, Lobão viria revelar na revista Trip que preferiu não participar mais dos programas da loira e definiu seu programa como um genocídio:


Confira a apresentação do cantor no programa exibido dia 31 de dezembro de 1988:


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Xuxa se veste de Xuxa e faz a maior surpresa do ano

Na noite de ontem, Xuxa simplesmente fez a maior surpresa do ano para seus fãs. Sua participação não televisionada na peça "Chacrinha, o musical" causou muito mais barulho do que sua participação no remake do Globo de Ouro, exibido na noite anterior. 


Não era pra menos: num primeiro momento os desavisados na certa pensaram serem antigas imagens de arquivo. Usando aplique, vestindo um figurino bem similar ao utilizado nos anos 90 e ao lado de Paquitas, Xuxa resgatou sua consagrada marca, hoje em desuso, mas que ainda causa impacto não só nos fãs mas no público em geral. 


Apesar de encenar uma de suas participações no Cassino do Chacrinha nos anos 80, o visual de Xuxa ficou muito parecido com o usado nos primeiros anos do Planeta Xuxa, além de cantar a música "Ilariê", a qual não chegou a ser performada naquela época.


Não demorou muito para que os fãs comparassem a surpresa com a apresentação no Globo de Ouro Palco Viva, muito criticada por parte do público que se queixou da apresentadora não ter cantando versões originais de seus hits e nem se vestir com roupas daquela época. Porém, essa não era a proposta do programa: nenhum outro artista resgatou versões antigas das músicas ou se vestiu com roupas dos anos 80. E as decisões nem sempre são da Xuxa.

Apesar do abalo, não fazia muito tempo que Xuxa havia se vestido de Xuxa: em 2012, a apresentadora vestiu roupas antigas em 3 especiais do TV Xuxa, também causando muita comoção. A questão é que a maior parte dos fãs ainda não se acostumou com as roupas mais fechadas e, principalmente, com os cabelos curtos, adotados pela 1ª vez em 1999 e que transmitem uma imagem mais madura.


Em 2012, porém, essa parcela do público se demonstrava satisfeita com o visual adotado no TV Xuxa daquele ano: roupas mais curtas e coloridas, que deixavam Xuxa com uma aparência muito mais jovem, mesmo não deixando as madeixas crescerem. Uma coisa é certa: não há dúvidas que a aceitação dos fãs seria muito maior e as críticas seriam muito menores se a Rainha acatasse a vontade do público em usar roupas mais leves, usar apliques de vez em quando e, quem sabe, deixar os cabelos mais compridos. Afinal, a voz do povo é a voz do cara lá de cima!


terça-feira, 18 de novembro de 2014

Xuxa no Globo de Ouro Palco Viva - 18/11/2014

Inicialmente programada para quarta-feira, a apresentação de Xuxa no Globo de Ouro Palco Viva foi antecipada em um dia, sendo a 5ª convidada a fazer sua performance no programa desta terça.


A atração mesclou artistas mais jovens com cantores que se apresentavam no palco do programa na mesma época que Xuxa, como Elba Ramalho e Biafra.  Criticado nas redes sociais e considerado por muitos como cult demais, a presença de Xuxa trouxe de volta um pouco da energia do Globo de Ouro original e a nostalgia que ainda não havia conseguido com nenhuma outra atração, mesmo fazendo playback de uma versão mais recente de seus hits Ilariê e Tindolelê, além de Tô de Bem Com a Vida.


A presença de Paquitas ao lado de Xuxa, algo raro de se ver hoje em dia, agregado à rápida - porém marcante - interação dos fãs com a Rainha enquanto cantava, tornou a apresentação a mais nostálgica e similar àquela época vista até agora. 


Entretanto, o revival do programa tem a clara proposta de mesclar o antigo com o atual e não caberia nesse contexto Xuxa performar qualquer uma de suas músicas antigas na versão original, como muitos queriam. Apesar de já antigo entre os fãs, o pout-pourri que nada mais é que uma versão reeditada do "megamix" criado pelo Dj Même em 2004, não é conhecida pelo grande público e trouxe o frescor que o programa precisa. O mesmo vale para o figurino, que nada lembra as roupas usadas por Xuxa naquela época, mas resume bem como a apresentadora se veste atualmente. Figurino este que, aliás, escondeu muito bem a bota ortopédica que a Xuxa estava usando no dia da gravação.


A apresentação só pecou por ser rápida demais. O medley perdeu mais da metade do seu tempo original e Xuxa tinha fôlego para se apresentar durante mais alguns minutos, enquanto outras atrações tiveram bem mais espaço. 

Som Livre lança 2º volume do DVD Xuxa no Mundo da Imaginação

A Som Livre mais uma vez surpreendeu os fãs. Assim como o lançamento repentino da versão Blu-ray dos antigos XSPBs no início do mês, sem nenhum alarde os sites de e-commerce começaram a fazer a pré-venda do DVD "Xuxa no Mundo da Imaginação - Era Uma Vez vol. 2" com lançamento oficial no dia 28 de novembro.


A 1ª edição originalmente lançada no final de 2006 e vendida em bancas de revista, em comemoração aos 20 anos de Xuxa na Rede Globo. Na época, foi adaptado para DVD o VHS que seria lançado em 2003 e que acabou sendo engavetado. O sucesso foi maior que o esperado: os DVDs, que vinham juntamente com uma revista para colorir, se esgotaram rapidamente das bancas. Mesmo sem divulgação a procura foi grande e a a Som Livre relançou o DVD em 2012 nas lojas com uma tiragem de 50 mil cópias. Em 2013, uma nova tiragem de 20 mil cópias passou a ser distribuída, totalizando aproximadamente 70 mil DVDs vendidos. Não é pouca coisa.

Capa da versão que era vendido nas bancas em 2006
Ao contrário do volume 1, que além da compilação do quadro Era uma Vez trouxe alguns clipes do programa, a nova edição traz apenas histórias, o que deixaram alguns fãs descontentes. A capa mantém a mesma arte da 1ª edição com alteração apenas nas cores, também sendo motivo de críticas por parte de alguns fãs redes sociais. 

O destaque do DVD vai para "Peter Pan", história exibida em outubro de 2003 dividida em 5 capítulos com a participação do saudoso Chico Anysio. Mesmo com a fraca divulgação, o volume 2 tem de tudo para repetir o sucesso do anterior e o público do saudoso programa fica na expectativa para o lançamento de DVDs com outros quadros, como a Bruxa Keka. Vida longa ao Mundo da Imaginação :)

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Planeta Xuxa no Viva - 16/11/2014 (11ª exibição)

Data de exibição original: 14 de Junho de 1997
Programa original: nº 11



A décima primeira edição do Planeta trouxe algumas mudanças sutis no cenário e novas vinhetas de áudio durante as atrações. Uma das mudanças mais significativas foi a mudança do quase inutilizado "cafofo", que foi deslocado para a frente da plateia.


Novamente com um figurino "polar", que não fica devendo nada pra nenhum TV Xuxa, a apresentadora prevendo o calor que sentiria ao som de Claudinho e Bochecha se despe de seu casaco e libera geral:


Quebrando um pouco a animação, Milton Nascimento emociona a todos com a Canção da América e leva a plateia às lágrimas:


Conforme anunciado por Xuxa na introdução, a atriz Fernanda Freitas aparece diversas vezes na plateia do programa antes de se tornar uma Garota do Zodíaco e ser global


Em 1997 já era moda de fazer desenho no cabelo:


Na estreia do merchandising do Tennys Pé Baruel (que já havia sido exibido pelo Viva no programa antecipado de dia da criança), Xuxa distribui o produto para a plateia e surpreende um fã:

"Você tem cara de quem tem chulé"

A ex-Paquita Diane causou ao ensinar sua versão da coreografia de "Ah, quero nanhar"


Registro curioso no quadro Intimidades, o qual teve como convidado o ator Selton Melo antes de se consagrar como ator de cinema e ainda vinha ganhando destaque na TV com seu personagem em A Indomada:


A entrevista de Selton Melo não foi a única. Anunciada no programa anterior, o bate-papo com David Copperfield foi exibido e Xuxa aparece com seu cabelo sem apliques - coisa rara no Planeta Xuxa em 97:


A conversa entre os dois foi engraçada e Xuxa demonstrou muita intimidade com o mágico. Dizem que eles tiveram um caso em 1988.


Muitos não se lembravam, mas o hino do programa "Ah, eu to Maluco" também tinha versão axé, cantada pelo Tonho Matéria:


Momento atípico no Planeta: antes do encerramento, Xuxa mostra uma daquelas cartas quilométricas e se emociona ao chamar a fã no palco.



sábado, 15 de novembro de 2014

Áudio Exclusivo: Entrevista para divulgação do álbum Sexto Sentido

Nos anos 90 era comum Xuxa participar de programas de rádio para divulgar seus álbuns e, muitas vezes, falar sobre cada uma das faixas e concepção de todo o disco. Com o Sexto Sentido não foi diferente, a estrela foi ao programa Sala de Visitas da rádio da FM 105 (RJ), comandado pela radialista Ana Flores. Xuxa fez uma comparação do álbum com os antigos, apresenta cada uma das músicas e ainda responde à perguntas dos fãs.

Infelizmente quem fez a gravação em fita K7 na época não gravou o programa na íntegra, mas já dá pra matar a saudade e conhecer um pouco mais sobre o disco. Confira:

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

20 Curiosidades do álbum Sexto Sentido

Em comemoração aos 20 anos álbum Sexto Sentido, vamos listar 20 curiosidades de um dos discos favoritos entre os fãs. Confira:



1. O álbum foi lançado no dia 23 de agosto de 1994 e marcou a volta da apresentadora na TV com o Xuxa Park

2. Foi o 1º álbum de carreira a ter um título próprio e não levar o nome de nenhum programa, o que se seguiu até o "Xuxa 2000", lançado em 1999

3. A primeira tiragem tinha 13 faixas e não incluía o Grito de Guerra

4. Não demorou muito para a música ser incluída nas tiragens posteriores como bônus track, sendo feita a alteração em todos formatos: LP, K7 e CD



5. Michael Sullivan revelou em recente entrevista que durante anos Xuxa quis regravar a música "É De Chocolate" (carro-chefe do álbum), desde que a música foi gravada pela 1ª vez em 1984 para o LP Clube da Criança

6. O álbum foi regravado em espanhol e lançado na América Latina com o título El Pequeño Mundo, com novos acordes na maioria das músicas


7. As faixas Dança da Bananeira, Forró da Cachorrada, Muito Prazer eu Existo e Grito de Guerra (tema Xuxa Park) não foram lançadas em espanhol; enquanto as músicas Grito de Guerra (regravação do Chiclete com Banana), Un Pato, Muy Pequeño Mundo es, Que Si Que No e Voy a Salir de Reventon não foram lançadas em português.

8. A ex-Paquita Roberta Cipriani revelou recentemente a um fã que a música Grito de Guerra, do grupo Chiclete com Banana, também foi regravada em português para entrar no álbum, mas somente a versão em espanhol foi lançada

9. Sexto Sentido foi o último álbum de carreira da Xuxa a ter músicas regravadas em espanhol. O mesmo só viria acontecer com o projeto Xuxa Só Pra Baixinhos em 2005

10. A esquecida Happy-Py foi composta por Carlinhos Brown, que também participa da música. O cantor baiano precisou viajar até Miami para regravar a versão em espanhol

11. A música "Só Faltava Você" se tornou um dos temas do 1º ano do Xuxa Park mas com uma versão bem diferente da lançada no disco. A versão que tocava na TV é mais parecida com a regravação em espanhol.

12. As músicas Pipoca, Jogo da Rima, Sexto Sentido, Dança da Bananeira, Rir é o Melhor Remédio e Muito Prazer Eu Existo tiveram videoclipes exibidos na 1ª temporada do Xuxa Park

13. Hey Dj ganhou videoclipe exibido no especial de natal de 1994, enquanto Pipoca, Jogo da Rima, Sexto Sentido e Rir é o Melhor Remédio tiveram seus clipes regravados para a atração

14. Para o Xuxa no Mundo da Imaginação, as músicas Sexto Sentido, Dança da Bananeira, Muito Prazer eu Existo, É de Chocolate e Dança nas Estrelas também ganharam videoclipes entre 2003 e 2004

Caps do clipe É de Chocolate, exibido em 2003 no Xuxa no Mundo da Imaginação

15. O disco fez um enorme sucesso e, segundo a ABPD,  atingiu vendagem superior a 1 milhão de cópias e foi certificado com disco de diamante

16. A turnê Sexto Sentido teve início em 1994 e só se encerrou em 1996, já com alterações nas músicas, cenário e no time de Paquitas, trocado em 1995

17. O sucesso foi tão grande que a turnê se estendeu e serviu de divulgação do álbum Luz no Meu Caminho, lançado em 1995, e do álbum comemorativo Xuxa 10 Anos, lançado em 1996


18. A música título do álbum não foi tão trabalhada na época e é uma das menos lembradas

19. A faixa Forró da Cachorrada é uma das poucas músicas nunca executadas em nenhum programa da Xuxa, considerada por boa parte dos fãs como uma música dispensável do álbum (e da carreira)

20. Com foco no público que havia crescido com Xuxa, o disco foi lançado com apresentações de um pocket show em casas noturnas de São Paulo e Rio de Janeiro, antes mesmo da turnê Sexto Sentido ter início

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Apareceu no Youtube: Marquei um X

Apareceram no Youtube essa semana dois vídeos completamente distintos mas que têm total ligação. Xuxa não aparece em nenhum deles, mas ambos fazem referência à ela. 


O 1º é do programa De Frente com Gabi exibido no último domingo, dia 09/11, em que Fafy Siqueira foi entrevistada. No bate-papo com Marília Gabriela, a atriz comenta que já foi compositora e que escreveu duas músicas para Xuxa (pra quem não sabe, Fafy é autora de Dança do Paloê e Marquei um X). Ela conta que nos bastidores da novela Cobras e Lagartos ouviu algumas das atrizes cantando o hit do Xou da Xuxa Sete e as surpreendeu ao revelar que ela é a autora. Confira a partir do minuto 10:12 do vídeo abaixo:



Apesar de muitos fãs provavelmente não concordarem, Marília Gabriela descreve Marquei um X como um "sucesso louco". Isso porque a música não é tão lembrada quanto sucessos como Ilariê ou Lua de Cristal. Porém, outro vídeo que surgiu no Youtube essa semana comprova que a composição de Fafy realmente foi um dos grandes hits da Xuxa nos anos 90: a trupe de humoristas do Porta dos Fundos encerra o seu vídeo mais recente cantando a música em questão, fazendo referência aos algarismos romanos, tema da esquete (minuto 1:39):



De bônus, mais dois momentos da entrevista de Fafy para Marília Gabriela que fazem referência à Xuxa. Na 2ª parte da entrevista, a atriz comenta sobre quando Xuxa contou o curioso fato de que sua ex-Paquita Andrea Veiga tinha vontade ter um filho desde os 13 anos (minuto 8:14):

 

Na 3ª parte, Fafy comenta rapidamente sofre as filmagens do longa "Xuxa e o Mistério de Feiurinha" (minuto 8:13):

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...