domingo, 31 de agosto de 2008

Xuxa em Close!

No auge da carreira de modelo, Xuxa participou de um talk-show estrelado por Roberta Close. O bate-papo foi muito divertido e hoje é considerado hilário pra quem assiste. Ela, mais espontanea do que nunca responde com a maior naturalidade as perguntas da entrevistadora. Sua ingenuidade e jovialidade impressiona e cativa. Em um determinado momento da entrevista, comenta que Pelé tem o "cheiro do amor". No final, as duas trocam de papel e Xuxa começa a fazer várias perguntas pra Roberta, que fica um pouco sem jeito. A entrevista foi exibida em 1984 pela Rede Manchete, e um compacto da mesma foi exibido na década de 90, em comemoração a um aniversáro da emissora. Confira o vídeo abaixo:


Maísa: a Xuxa de ontem?

A pequena apresentadora infantil do SBT vem dando o que falar. Maísa se tornou um fenômeno na internet e consequentemente vem fazendo o ibope do seu programa aumentar. Sua espontaneidade e irreverência lembram e muito a Xuxa dos tempos do "Clube da Criança", que recentemente também se tornou um sucesso no Youtube. Porém, na época em que o "Clube" foi exibido, Xuxa quase passava despercebida e ninguém achava muita graça da sua naturalidade ao se comportar como uma criança grande nas frentes das câmeras, algo hoje considerado cômico e hilário pra quem assiste. O humor sarcástico de Maísa lembra e muito o de Xuxa naquela época. Ambas falam o que vem a cabeça, tem senso de humor e são um pouco atrapalhadas. A diferença é que Maísa é uma criança que as vezes se comporta como adulto, e Xuxa era um adulto que se comportava como criança. Não que ela era infantil, mas tinha a naturalidade e espontaneidade de uma criança normal, o que na maioria das vezes se perde na fase adulta e quando se está na frente das câmeras. Isso se perdeu um pouco quando migrou pra Globo, quando limitaram um pouco sua espontaneidade ao fazer Xuxa seguir um roteiro do que ser feito e dito no programa. A apresentadora do SBT só está começando e tem de tudo para fazer cada vez mais sucesso. Será que Maísa tende a seguir os passos da rainha?

sábado, 30 de agosto de 2008

Audiência..,

Segundo dados preliminares do IBOPE, o Tv Xuxa de hoje teria perdido pro SBT. Achei a divulgação bem fraca, o programa ficou muito tempo fora do ar e quem não é fã já perdeu o costume de assistir. Uma pena pois, apesar de ter pecado em algumas coisas, o programa de hoje foi muito agradável de se assistir, do começo ao fim!

Tv Xuxa 30/08/2008

O programa de reestréia teve seus altos e baixos, mas sem dúvida, foi um dos melhores "Tv Xuxa" da temporada 2008. Apesar dos inúmeros cortes, achei a edição menos brusca e mais bem feita. Algumas imagens exibidas nas chamadas não foram ao ar, bem como o quadro "Equipe X" e outros momentos exibidos no making off do "Video Show" de ontem. Xuxa estava solta, descontraída, mas com o número excessivo de quadros pra um programa de pouco mais de uma hora, não teve muito tempo para se descontrair mais e interagir com a platéia.

Fã de Carteirinha: O tão anunciado quadro foi bem divertido, apesar de longo. Pecou pelo fato do ídolo em questão ter sua participação no programa limitada através de alguns VT's pré-gravados, deixando a coisa meio fria. Xuxa ficou como mera coadjuvante no quadro, e acho que ele se encaixaria mais se o programa fosse mais longo.

Papo X: Sem dúvida a melhor entrevista desse ano, mas a edição cortou e cortou bonito, inclusive o que foi mostrado na chamada e no Vídeo Show! Pelo menos alguns momentos hilários foram ao ar

E Agora? A idéia não é ruim, o quadro não é chato. Mas acho que não entra dentro do contexto do programa. Chega a ser desarmônico! Se o programa fosse maior e tivesse tempo pra poder diversificar mais, aí sim seria válido. Mas ainda prefiro o "Maior Comédia"

Histórias de Vida: A história foi bonita, emocionante, mas achei meio forçassão de barra. Não houve muita naturalidade. Assim como os outros, acho que o quadro seria legal se o programa tivesse um ritmo diferente e uma duração maior

Você Pediu Brasil: Foi uma das piores edições do quadro, embora ainda ache ele essencial para o programa. Hoje a edição e os artistas não colaboraram muito, além do que Xuxa interagiu muito pouco com eles.

Faltou o "Equipe X", que foi excluído na edição final. Não entendo pra que encher o programa com tantos quadros se a duração é tão limitada e a edição, que nesse caso é necessária, pode ser considerada o pior problema do atual "Tv Xuxa". Há também um outro probleminha: O slogan do "Tv Xuxa" é "a TV que é sua cara", e o programa leva isso a risca. Porém, o que o público gostaria, quer a Xuxa queira ou não, é que o "Tv Xuxa" tenha a cara dela! Que ela continue sendo o foco central, a estrela, a rainha... Mas os quadros, que estão excedendo o limite, são colocados como a atração principal!

Tv Xuxa no ar!

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Rainha de volta!

Tv Xuxa de volta!

Amanhã nossa rainha está de volta, depois de um período forçado de férias, trazendo algumas novidades no programa como o quadro "Fã de Carteirinha". O dia continua o mesmo e a duração também. Apesar de alguns quadros terem sido extintos, vários outros foram criados, o que pode ser um problema. Na sua primeira fase, o "Tv Xuxa" 2008 pecava pela enorme quantitade de quadros para um tempo muito limitado de programa, que deixava Xuxa presa ao que tinha que ser apresentado, impedindo que ela abusasse mais da sua espontaneidade. E nas raras vezes que isso acontecia, a edição tratava de cortar. E como a duração continua a mesma, e a quantidade de intervenções talvez tenha até aumentado, não podemos esperar muito mais do que estávamos acostumados a ver no primeiro semestre. A gravação do "Papo X" com Márcio Garcia, segundo quem acompanhou as gravações, teve 30 minutos. Dificilmente vamos ver mais que 50% do material gravado na edição final. Uma pena... Mas deixando o pessimismo de lado, vamos ser otimistas e conferir a volta da nossa rainha, que está linda, sorridente e vai ser coroada como nos velhos tempos! Depois, vamos a luta por um dia e horário mais digno pra nossa rainha. Tv Xuxa 2008 no ar!!!!!!

Coroação 2008

Amanhã na volta do "Tv Xuxa", vamos conferir (se a edição permitir) Xuxa sendo coroada como nos velhos tempos. Os anos passam, mas nossa rainha não perde a majestade. Dessa vez, só faltou as faixas. Amanhã as 10h todos ligados na reestréia do "Tv Xuxa" 2008!

Coroação...

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Fã Clube da Criança

A primeira coroação

Em fevereiro de 1990, no palco do "Xou", Xuxa foi pela primeira vez coroada rainha dos baixinhos com manto, faixa e chapéu de rainha, na época pelo "Fã Clube da Criança", que contava com Vanessa Alves, hoje compositora das músicas do XSPB e funcionária da "Xuxa Produções". Ao som de "Spotlight", cantada por Madonna, Xuxa desfilou pela primeira vez coroada, algo que se tornaria muito frequente em seus programas a partir daquele dia. Xuxa foi coroada pela última vez em 2006, no final das gravações do "Tv Xuxa", porém as imagens não foram ao ar.

Resultado da Enquete

O que você mais quer ver disponível no Clube da Xuxa?

Mais atualizações de vídeos raros e inéditos - 23%
Apesar da maior parte do número de votos, até que o Clube da Xuxa tem mandado bem nos vídeos, colocando muitas vezes material inédito ou bem raro, desconhecido da maior parte do público. Porém, a sessão de vídeos é confusa, e as atualizações não são tão frequentes.

Mais atualizações de fotos inéditas e antigas - 7%
O arquivo de fotos do clube é bagunçado e escasso. A resolução de algumas fotos é muito baixa, e a dificultação no salvamento torna as fotos o conteúdo menos interessante do clube.

Que a sessão áudio estréia logo com músicas raras e inéditas para download - 61%
A Xuxa Produções está demorando muito na liberação das músicas, talvez pelo receio de elas se espalharem pela internet (o que é provável) e por causa dos direitos autorais. Seria bom se houvesse uma negociação com os autores para que as músicas se tornassem "copyleft" (livre a reprodução para fins não comerciais).


Mais notícias e atualizações em geral, pois está parado como o antigo Portal X - 7%
As notícias quase nunca são atualizadas no clube, lembrando muito o descaso feito com o antigo Portal X.

Bom Dia!


Hummmmmmmm

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

O Império Xuxa não para de crescer

Abaixo, confira uma reedição de uma matéria do jornal "O Globo" sobre os produtos licenciados por Xuxa,em 1990

Jornal: O Globo
Data de Publicação: 1/7/1990
Autor: Lauro Jardim

O IMPÉRIO XUXA NÃO PÁRA DE CRESCER

Ela tem um escritório muito bem montado, quatro empresas com boa saúde financeira, 250 funcionários diretos e diversos projetos em andamento, à despeito das dificuldades econômicas do País. A apresentadora de televisão Xuxa Meneghel possui hoje um império em plena expansão: analisa o lançamento de dezenas de produtos com seu nome - além dos que já existem -, bota no mercado até o fim do ano uma linha de vestuário para adolescentes, abre mais algumas lojas de sua butique infantil O Bicho Comeu, pensa em mais empresas para dar conta de novos negócios e acaba de contratar o também apresentador Sérgio Mallandro.

Embora os números relativos ao faturamento sejam escondidos a sete chaves por ela e pelas pessoas à sua volta sabe-se que dos 40 produtos associados ao seu nome que já estão no mercado, quase todos são líderes de venda em seus respectivos segmentos. A revista em quadrinhos da Xuxa é hoje a mais vendida do Brasil com uma tiragem média de 400 mil exemplares mensais -, desbancando a Mônica e sua turma, que há mais de dez anos lideravam este mercado. Os cadernos escolares, fabricados pela Tilibra, chegam aos 4,8 milhões de unidades vendidas ao ano. Forte também é o desempenho da linha de brinquedos, produzidos pela Atma e pela Mimo: a criançada leva para casa mais de um milhão de bonecas, maletinhas, trenzinhos e jogos a cada ano.

A Beijinho Beijinho Promoções e Produções Artísticas, que cuida dos licenciamentos, recebe de 6% a 22% do preço de revenda desses produtos. A média fica em 10%, como admite Luiz Cláudio Moreira, que ao lado de Marlene Mattos - diretora dos shows de Xuxa na televisão e sua fiel escudeira - toma conta dos negócios da apresentadora.

Se for calculada essa média de 10%, recebida no caso dos cadernos, que estão custando nas papelarias cerca de Cr$ 150, por exemplo, a empresa da apresentadora embolsaria só com essa licença algo em torno de Cr$ 5 milhões anuais - já descontado nesse caso os 30% correspondente à margem de lucro do varejista.

Segundo Luiz Cláudio, semanalmente chegam à Beijinho Beijinho cerca de dez propostas para novos licenciamentos. Dessas, oito são descartadas numa primeira análise feita por ele e por Marlene Mattos:

- Ou porque são propostas inconsistentes ou porque, mesmo vindo de empresas sólidas e conceituadas, querem lançar produtos que não se ajustam à imagem da Xuxa. Já imaginou uma vassoura da Xuxa? Não dá. Certa vez propuseram uma linha de material de limpeza com o nome dela. E claro que não foi aceito lembra o executivo, em sua ampla sala toda em preto e branco, coalhada de posters da apresentadora e tendo às suas costas uma bancada com alguns dos produtos licenciados cuidadosamente colocados. Aliás, o escritório, um conjunto de salas num moderno prédio da Avenida Rio Branco, segue a mesma decoração.

Passando nessa análise preliminar, conta Luiz Cláudio, a proposta é levada a Xuxa, que normalmente dá algumas sugestões. Segundo ele, os produtos licenciados não devem apenas trazer o nome da apresentadora, mas sim criar uma identidade própria, através "de um toque especial ou de uma modificação rio design". E esse processo pode ser lento: a boneca Xuxa demorou um ano para ser aprovada definitivamente.

É uma negócio interessante, se bem explorado é uma mina de ouro - admite Regina Revitte, Diretora da Odontoprev, que está fechando com a Beijinho Beijinho um contrato para fabricar o chiclete anti-cárie, aliás xiclete, da Xuxa.

LINHA XUXA TEM MAIS DE 40 PRODUTOS

Há cerca de quatro anos, surgiram no mercado os primeiros produtos associados ao nome de Xuxa. Hoje, mais de 40 artigos disputam a preferência do consumidor, sendo que a maioria é líder de vendas em seu segmento.

EMPRESA LICENCIADOS E SEUS PRODUTOS

+ São Paulo Alpargatas - Linha infantil de vestuário

+ RT Cosméticos - Linha de toucador

+ Atma - Jogos (Xuxapo, Xou de Acertos)

+ Brinquedos Mimo - Bonecas, maletuxa, acessórios; e etc:

+ Benrose - Pastas, maletas, lancheiras e cantil

+ Seta - Relógios

+ Bixim Artefatos de Pelúcia - Bichos de pelúcia

+ Editora Biológica - Dicionário

+ Editora Globo - Revista em quadrinhos; álbum de figurinhas

+ Faster lndústrial - Tênis

+ Festcolor - Artigos para festas

+ Globo Vídeo - Fitas "Xou da Xuxa" e filmes

+ Grandene - Calçados plásticos

+ Lacca Decorações - Posters e cartões

+ Lix Industrial - Raquetes de frescobol

+ Moinho Santista - Lã da Xuxa, linha de cama e banho

+ Monark - Bicicletas

+ Nestlé - Xopa da Xuxa (Maggi) e iogurtes (Chambourcy)

+ Poesi - Coleção traje de banho e lingerie infantil

+ Som Livre - Discos

+ Tilibra - Cadernos e artigos de papelaria


FONTE: Xuxa Produções e Promoções Artísticas

XUXA, UMA LICENÇA QUE VALE OURO

Jornal: Meio & Mensagem
Data de Publicação: 23/1/1989

XUXA, UMA LICENÇA QUE VALE OURO

O fenômeno Xuxa justifica hoje a existência de cinco empresas que cuidam de todos os interesses da rainha dos baixinhos. Tem a Xuxa Produções, que cuida da parte da própria artista, como os comerciais que faz, as promoções e shows de que participa, o contrato com a Rede Globo e a sua participação no mercado fonográfico. Já a Beijinho Beijinho Promoções, é a responsável por tudo que tenha a ver com licenciamento da marca Xuxa e de todas as demais marcas que hoje fazem parte do seu universo, como Dengue, Praga, Pitucha, Chiquita, Paquita e etc. Tem também a Bicho Comeu, que atua no campo de confecção, uma empresa agropecuária e, mais recentemente, outra de turismo. Além delas, existe também a Fundação Xuxa Meneghel, com finalidade totalmente filantrópica.
A própria Xuxa não abre mão de orquestrar tudo isso, nada é decidido sem o seu conhecimento, mas são sua empresária Marlene Matos e seu advogado Luís Cláudio Moreira que cuidam mais diretamente do seu universo sob o enfoque negócios. Meio & Mensagem foi ouvir Luís Cláudio que contou como tudo isso funciona:

''No que toca ao licenciamento da marca Xuxa, o que fazemos não é nada de inédito. Isso no exterior já é bastante comum há dezenas de anos. Mas aqui no Brasil, por incrível que pareça, somente Maurício de Souza com a sua Turma da Mônica, é que vinha desenvolvendo um trabalho nos padrões internacionais. E ele lutou 15 anos para ter o sucesso que tem hoje. A Xuxa somente a partir de 86 é que começou a explorar esse mercado que, até então, era praticamente virgem a nível de Brasil."

O início da utilização da marca Xuxa aconteceu em 1986 no segmento editorial, primeiro no lançamento de um poster e depois no de um álbum de figurinhas, de material para correspondência (papel carta, envelope e etc). Com o álbum de figurinhas ela bateu todos os recordes anteriores relativos àquele produto. Depois veio a sua ligação com o segmento de calçados, no lançamento das sandálias Xuxa pela Grendene, que foram um grande sucesso de vendas, representado por três milhões de pares colocados no mercado. E hoje pode-se dizer que sua atuação é praticamente em todas as áreas ligadas aos mercados infantis, infanto-juvenis e juvenis. Luís Cláudio Moreira dá mais detalhes:
"Eu não me lembro de cabeça todos os produtos que hoje levam a marca Xuxa. Mas ela está em iogurte junto com a Nestlé, vai lançar um chiclete sem açúcar para a Odontoprev (a mesma que faz o Xilitol), está na sopa de letrinhas da Maggi, e virou boneca através da Mimo, empresa que não ia bem, estava na concordata e hoje é a 31 do mercado, tendo 60% de sua produção em cima de produtos da linha Xuxa."
As bonecas Xuxa da Mimo concorrem em muito boas condições com os modelos da líder Estréia. E até o meio do ano, vai estar no mercado toda a Turma da Xuxa em bonecos totalmente articulados. Além disso, também vai ser lançada a Xuxinha, uma boneca super-equipada, com vestuário completo e até prancha de surf, bem na linha da Barbie da Estrela. Nesse segmento de brinquedos, Xuxa está ainda em jogos infantis através da Atma e no cachorrinho de pelúcia, o Xuxo, da Bichinho de Pelúcia,que é do grupo Tabacow. Num outro segmento, ela está também junto com a Poesi, numa linha de maiôs e roupas de lingerie e, aí, todos os modelos são desenhados por ela mesma. E não há notícia de que os fabricantes desses produtos possam ter alguma insatisfação. Muito até pelo contrário. No caso da sopa de letrinha da Maggi, a Norton informa que uma pesquisa apontou o comercial de lançamento como o de maior índice de recall da história da propaganda brasileira. Luís Cláudio acrescenta:

"Tem um case muito bom, que são os cadernos escolares que a Tilibra lançou. Inicialmente, por não conhecer muito bem o segmento, Xuxa só quis começar com quatro modelos. Pois bem o sucesso foi tão grande, o índice de vendas chegou a 10 vezes a venda do melhor concorrente, que agora ela concordou em lançar a linha escolar completa, inclusive relançando no Brasil a idéia do diário com chavinha e cadeado."

Quem imaginar que Xuxa é somente uma artista com um carisma fora do normal, estará enganado. Ela também tem se revelado uma talentosa e competente profissional de criação. Quando não é ela mesma que cria lay-outs, modelos e ilustrações, nada vai para o mercado sem que ela veja, opine e faça as modificações que julgar necessárias. O grau de exigência de Xuxa para ter uma imagem associada a qualquer produto é tão grande que, enquanto outras empresas de licenciamento tem em sua linha cerca de 50 itens, a sua ainda está nos cerca de 15. Pelas ofertas que ela recebe diariamente, daria hoje para sua linha de produtos já ter passado em muito dos 50. Mas ela não abre mão de qualidade, Por isso, é dos mais rigorosos o critério de seleção e julgamento de todas as propostas que chegam (segundo Luís Cláudio Moreira, de 15 a 20 por semana), e o índice de aproveitamento não chega a 0,1%. Recentemente ela vem sendo muito assediada para concordar em virar relógio também. Como nenhum dos modelos apresentados agradou, ela prefere esperar. Mas o que é preciso para se pretender ter a imagem de Xuxa em algum produto? Luís Cláudio Moreira orienta:

''O primeiro passo é o contato inicial com a gente, para que tomemos conhecimento da sua idéia. Depois fazemos uma avaliação pormenorizada quanto à seriedade da empresa que nos procura e aí, então, caso essa empresa passe pelo nosso crivo inicial, levamos a idéia à Xuxa para que ela decida. E essa decisão dela não é tão simples, porque o seu envolvimento com tudo que leva seu nome é muito grande. Isso, inclusive, faz com que sua exigência pessoal se torne muito grande. E as mesmas exigências que são feitas a uma pequena empresa são igualmente feitas a uma multinacional. Por exemplo, temos um departamento de arte que cuida do visual de tudo, desde o produto até sua embalagem."

Segundo Luís Cláudio Moreira, já houve muito o caso de um projeto ter sido apresentado a Xuxa como algo muito bom comercialmente e que ela acabou não querendo levar adiante. O contrário, elo não se lembra de já ter acontecido. Mas uma coisa sempre aconteceu: tudo que já foi lançado até hoje, acabou suplantando em muito as metas e perspectivas programadas, sempre numa média de cinco ou seis vezes mais. E não há uma regra inflexível quanto à participação de Xuxa em cada negócio:

"Cada produto, cada projeto, significa uma negociação sempre muito peculiar. São levadas em conta as condições de mercado, o preço do produto, que nível de qualidade ele poderá ter. Ela se preocupa muito com o preço do produto; pela sua vontade só vão para o mercado produtos de qualidade e com preços acessíveis. Por tudo isso é que não dá para dizer qual é a participação dela em cada projeto de que participa. Cada caso é um caso totalmente diferente."
Além do seu carro-chefe, que é o seu programa na Rede Globo, dos discos que grava, dos shows em que se apresenta, dos filmes que faz e do licenciamento de sua marca, Xuxa participa ativamente de multas promoções. Como aquela para a Atlantic, em que lançou o cachorrinho Xuxo. Ou aquela para Chocolates Garoto na época da Páscoa. Aquela para o Jumbo Eletro ou ainda mais aquela outra para as Casas Sendas. Quatro grandes promoções a nível de envolvimento em um mesmo ano. E no segmento de promoções um fato se repete em relação ao que acontece no de licenciamento: a quantidade de propostas é praticamente a mesma. Desde as mais interessantes até as mais absurdas.

A nível do seu faturamento, a parte artística é a que lhe rende mais, a de licenciamento vem logo depois e, em terceiro lugar, vem a sua participação em promoções. E agora mais recentemente ela acaba de entrar num outro segmento,que é o turismo, pensando ~em explorar o significativo filão das viagens internacionais para programas infantis do tipo Disneyworld. Segundo Luís Cláudio Moreira, esse mercado significa 80% do bolo de viagens do Brasil para o exterior, e a idéia é conquistá-lo e transformar a hoje iniciante e pequena agência de viagens numa grande agência daqui a uns três anos. Pelo que ela tem conseguido em tudo de que participa, não será nenhuma surpresa se também no segmento turístico ela acabar coroada rainha. Afinal qual é o baixinho, quais os pais dos baixinhos que não vão preferir viajar nos mesmos vôos da Xuxa? Vovó Augusta que se cuide.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Bonecas nos EUA

O sucesso das bonecas da Xuxa não se limitou apenas no Brasil. Muito pelo contrário, lá fora as bonecas fizeram muito sucesso, até mesmo em países nos quais Xuxa não fez programas e teve a imagem pouco divulgada, como é o caso da China. Na Espanha, Argentina e Estados Unidos, a boneca também fez muito sucesso. Na América, as bonecas vendidas eram importadas do Brasil. Nos Estados Unidos, as bonecas foram remodeladas e adequadas para o país. Traziam incluído alguns brindes como glitter e fitas K7 com as músicas do programa. Apesar de não ter superado as vendas da Barbie, as bonecas da Xuxa fizeram um enorme sucesso lá fora.

Bonecas Xuxa

Sem dúvida, entre todos os produtos lançados por Xuxa em sua carreira, o de maior sucesso e vendagem, tanto no Brasil quanto no exterior foi a boneca que levava o seu nome. A primeira foi lançada em 1987 pela Mimo, tinha proporções bem maiores que a famosa e concorrente boneca Barbie, e rapidamente se tornou um enorme sucesso de vendas. Rapidamente, foram surgindo variações da mesma, sempre com roupas que imitavam os modelitos que Xuxa usava no programa, além de lançar várias outras linhas de bonecas que levavam o nome Xuxa, como: boneca Xuxa verão, Xuxa ergométrica (bonecas que vinha acompanhadas de aparelhos de ginástica em miniatura), Xuxa princesas (que vinham representando personagens de contos de fadas, como a Rapunzel), Xuxa signos (uma boneca para cada signo da astrologia). Nessa época, todas as bonecas e dezenas de outros produtos eram licenciados pela marca Mimo, que com o enorme sucesso de vendas conseguiu se reerguer, já que passava por um momento de crise no final dos anos 80.

Com o tempo, após a era "Xou da Xuxa", as vendas deixaram de ser as mesmas e as bonecas passaram a ser licenciadas por outras empresas, como Estrela e Cotiplás. Entre as bonecas mais recentes, lançadas até 2005, estão a "Bruxa Keka", a princesa que Xuxa interpretou em "Abracadabra", a linha "Só para Baixinhos" e a coleção "Era Uma Vez", do programa "Xuxa no Mundo da Imaginação".

MERCHANDISE

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Guaraná Antartica, pura e natural


Uma das brincadeiras que eram feitas exclusivamente para divulgar um produto era a do Guaraná Antartica, de 1987, que na época tinha o slogan "Pura e natural". Uma amostra do produto, quase do tamanho da apresentadora, ficava no palco durante a brincadeira e na qual as crianças tinham que acertar bambolês. Se houvesse empate, as crianças tinham que repetir o slogan ("guaraná antartica que é pura e natural") 3 vezes bem rapidamente, sem se embaralhar nas palavras, que era quase um trava língua. O ganhador levava pra casa um kit do Guaraná Antártica.

Xuxa e o merchandising nos programas

Como todos sabem, Xuxa sempre foi muito criticada por abusar do merchandising em seu programa, principalmente na época do Xou da Xuxa. O programa fez suceso e passou a ser patrocinado por inúmeras marcas, passando assim a anunciar de tudo: chicletes, iogurtes, relógios, bicicletas, coca-cola e etc. Além disso, o "Xou" se tornou uma vitrine para anunciar também os produtos lincenciados com o nome Xuxa, que também passou a vender de tudo, desde linha de lã até bonecas. E muita das vezes, os merchans estavam inseridos nas brincadeiras, sendo que alguma delas tinham até o nome do produto, como "Coca basquete".
Chegou a um ponto que, a maior parte das brincadeiras na fase de 1991, tinham patrocínio ou levavam o nome de algum produto, o que hoje pode dificultar reprises ou lançamento do programa em DVD por conta disso. Em 2002, com um enfoque mais educativo, Xuxa pediu a direção da Tv Globo que seu novo programa nao tivesse merchandising explícito, a menos que fosse inserido em algum quadro, como aconteceu com o produto "M&M's mini", que patrocinou o XMI durante um tempo.

BOM DIA

domingo, 24 de agosto de 2008

Globe - a ticket to the world


No domingo de 18 de março de 1990, o Fantástico exibiu um compacto de uma matéria feita por um canal de TV americano sobre o fenômeno popular de Xuxa no Brasil. A matéria, gravada em abril de 1989, mostra várias imagens de bastidores do "Xou" e mostra ainda Xuxa gravando em estúdio uma música que ela jamais cantou ou foi lançada.

Confira o vídeo da matéria postado no youtube

Marcha dos Gafanhotos


Em 2002, o CD nacional da novela "Sabor da Paixão" surpreendeu os fãs pois trazia na última faixa uma música de Xuxa até então não conhecida do público, intitulada "Marcha dos Gafanhotos". Havia um núcleo infantil de destaque na novela, do qual tinha "Marcha dos Gafanhotos" como tema. Não se sabe se a música foi gravada especialmente para a novela ou se aproveitaram alguma sobra das músicas engavetadas para colocarem na trilha. Xuxa nunca cantou a música em nenhum de seus programas. A letra é bem infantil e é provável que tenha sido alguma das músicas limadas do XSPB, apesar da duração ser um pouco grande se comparada as outras que fazem parte do projeto.

sábado, 23 de agosto de 2008

Xou da Xuxa, agosto de 1989:

Xuxa imitando Angel cantar a música "Melhores Momentos"

Perfil: Ângela Mattos

Para quem não sabe, Angela Mattos é irmã de Marlene Mattos e foi assistente de direção dos programas de Xuxa desde 1987 até 2002. Além de assistente, Angel fazia backing vocal de algumas músicas de Xuxa e ajudava em algumas composições. Em 1989, se casou com o vocalista da banda Yahoo, Zé Henrique, com quem foi casada durante váris anos. Seu casamento foi anunciado no "Xou" e teve Xuxa como madrinha. Com um empurrão de Xuxa e Marlene, gravou dois discos e fez um relativo sucesso, emplacando algumas músicas como "Patinho Feito", tema da novela "Vamp". Com o fim do "Xou", desistiu da carreira de cantora e continuou trabalhando com Xuxa até 2002. Ângela foi notícia na mídia em 1997 por conta de um triste incidente, quando perdeu sua filha vítima de meningite. Inclusive, a música "A Borboleta" do XSPB 1 é em homenagem a garota, que era afilhada de Xuxa. Atualmente, Ângela ainda trabalha com Marlene Mattos, dá cursos para gestantes e aparece de vez em quando na TV falando sobre seu curso para gestantes.

Confira a entrevista que Angela Mattos concedeu ao Xuper Blog

Paradão dos Baixinhos: Angel Mattos

Ângela Mattos, mais conhecida como Angel teve uma breve carreira de cantora no início da década de 90, quando lançou dois LP's pelo selo "Xuxa Discos" (selo este que teve vários discos lançados, todos de artistas ligados a Xuxa como Andréa Veiga, Paquitas, etc.). Angel foi destaque do paradão durante quase todo o ano de 1990 e conseguiu emplacar algumas músicas como "Sonho e Prazer" e "Sabor de Pecado", que entrou no disco de lambadas da novela "Rainha da Sucata". As músicas foram gravadas em 1989 e já vinham sendo soltas no programa, mas o disco só foi lançado quase um ano depois.

Em 1991, já com um novo álbum, emplacou a música "Patinho Feio" que entrou para a trilha da novela "Vamp", e que foi curiosamente tema da personagem interpretada por Luciana Vendramini, famosa por dizer que foi paquita. Angel chegou a fazer vários shows pelo país, não apenas nas turnês de Xuxa mas também sozinha, e as vezes acompanhada de Andréa Veiga, que lançou um disco na mesma época. Angel também participou como cantora em vários programas de TV de outras emissoras. Trabalhou mais algumas músicas no ano de 1992 e em seguida desistiu da carreira de cantora, com o fim do "Xou".

Dia de paradão!

Sempre aos sábados, no paradão dos baixinhos, um refletor daqueles usados em boates era colocado no alto do cenário e era sempre focado no decorrer do programa!

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Mais músicas vazando...


A maioria das músicas que entrariam no CD do Planeta Xuxa acabaram caindo na internet, muitas delas em alta qualidade. Algumas, como "Gira Planeta", foram distribuídas promocionalmente em programas de rádio, o que facilitou para a disponibilização das mesmas na internet. Porém, outras músicas como "Vamos Sacudir", cantada por Xuxa no programa em 1998 quando retornou da licença-maternidade, as quais não havia a menor cogitação de serem lançadas algum dia também cairam na internet com uma ótima qualidade. Inclusive a música "Viva Bravo", que pouca gente se lembra e jamais foi cantada por Xuxa, caiu na rede recentemente e hoje já é bem conhecida dos fãs internautas. Confira abaixo uma nova lista de músicas jamais lançadas que cairam na internet com qualidade de CD:

- Alegria do Planeta
- Astronauta de Papel
(2 versões)
- Energia do Planeta (Planeta Dance)
- Tem Alguém Cansado Aí
- Vamos Sacudir
- Vem Dançar
- Viva Bravo
- Pula Planeta

Clique aqui para conferir o post anterior sobre as músicas que vazaram, com a listagem completa

Planeta Dance: o álbum engavetado


Nos últimos anos do "Planeta", Xuxa cantou inúmeras músicas inéditas que, ao contrário do que acontecia com a maior parte delas, havia planos de que elas fossem lançadas em um CD com a trilha do programa. De 2001 a 2002, várias músicas foram gravadas e soltas no programa. Algumas se tornaram videoclipes na época do "Planeta Verão", como "Vem Dançar", e outras Xuxa sequer cantou no programa, mas ficavam tocando de fundo, como a regravação da famosa música dos Menudos, "Viva, Bravo". Muitas delas foram bastante trabalhadas e fizeram sucesso como "Gira Planeta" (que tocou muito em programas de rádio da época) e "Tem alguém cansado aí", cantada por Xuxa inúmeras vezes e em diversas apresentações, como no Criança Esperança e no Faustão. Muitas das músicas foram produzidas e contavam com a participação de Abdulah. O CD incialmente era para ser lançado em 2001, foi adiado para 2002 até que o programa acabou repentinamente e o projeto do CD foi engavetado. As causas mais prováveis para o não lançamento do CD foi os desentendimentos entre Xuxa e Marlene, a dedicação de Xuxa no projeto XSPB, que estava em alta, e o fim inesperado do programa em junho de 2002. Algumas das músicas foram distribuídas promocionalmente para programas de rádio e eventos, e acabaram vazando. Confira abaixo o provável tracklist do CD:

- Gira Planeta (tema de abertura de 2001)
- Energia do Planeta (Planeta Dance)
- Pula Planeta
- Planeta Inshalá (tema de abertura de 2002)
- Dança do Burro
- Tem alguém cansado aí
- Alegria do Planeta
(tocada nos 2 últimos programas de 2002)
- Vem Dançar
- Com Amor

- Planeta Diferente (participação de Gang Jump)
- Viva Bravo
(regravação de uma música dos Menudos)
- Siga Me (cantada no "Planeta" especial da Copa de 2002)

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Gravando!

"Xuxa" Faixa a Faixa


Abaixo, a lista de músicas do álbum "Xuxa" com informações e especulações sobre a origem das mesmas:

Corrente do Amor - gravada para entrar no álbum "Xou da Xuxa 6"

Aí (Só do Ti) - idem

Brincando com o tempo - gravada para entrar no "Xou da Xuxa 7"

Maçã do Amor - idem

Terra Prometida - dueto com Amanda, do Trem da Alegria, que teve um clipe no especial de natal de 1989

Menino Deus - supostamente a única gravada em 1993, para o especial de natal daquele ano

Direito dos Baixinhos - gravada para o especial do dia das crianças de 1990

Terra e Coração - Entraria no lugar de "América Geral" do "Xou da Xuxa 7", mas por causa do sucesso dela na América Latina, optaram pela última; tocou na abertura do especial de dia das crianças de 1992

Espelho Meu - gravada originalmente em espanhol para ser tema do "Show de Xuxa", na Argentina

Mil Vezes Mil - gravada especialmente para a edição nº 1000 do "Xou da Xuxa" e também cantada no último programa

Álbum: Xuxa (1993)


O álbum foi lançado em meados de 1993 quando Xuxa estava se dedicando apenas a sua carreira internacional, gravando programas na Argentina e se preparando para começar nos Estados Unidos. E como o programa semanal ainda estava sendo preparado e não havia previsão de estréia, Xuxa não gravou nenhuma música nova. O disco trazia 10 músicas inéditas que eram sobras de discos anteriores que haviam ficado de fora. Algumas das músicas já eram conhecidas do público por fazerem parte da trilha de programas especiais, como "Terra Prometida" e "Direito dos Baixinhos". Outras haviam sido gravadas para entrar em discos anterioes, mas que acabaram ficando de fora e jamais haviam sido apresentadas para o público anteriormente. Algumas músicas foram trabalhadas no programa "Xuxa", que estreou pouco depois, mas o álbum teve pouca repercussão e vendagem baixa. A versão em LP vinha com um enorme pôster junto ao encarte.

Informações gerais

Lançamento: Julho de 1993

Formato: LP e K7 e CD

Vendagem: aproximadamente 800 mil cópias

Certificação: disco de platina triplo

Música de trabalho: Corrente do Amor

Músicas tema: Espelho Meu (tema do quadro transfor-mirim no Xuxa Park e abertura do "Show de Xuxa" em 1993); Terra e Coração (abertura da turnê "Sexto Sentido"); Mil Vezes Mil (tema do "Xou da Xuxa" nº1000)

Curiosidade: A versão em CD tem 4 músicas a mais, que ja haviam sido lançadas: Ilariê, Tindolelê, Pinel por Você e Hoje é Dia de Folia

Músicas que ganharam clipes: Terra Prometida (especial de natal de 1989); Direito dos Baixinhos ("Xou da Xuxa" especial de 5 anos, "Xuxa no Mundo da Imaginação" 2003); Menino Deus (Especial de natal de 1993, "Xuxa no Mundo da Imaginação" 2003)

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

1,2,3 gravando!

Túnel do Tempo: Dançalinha da Xuxa


"Dançalinha da Xuxa" era o nome da sandália lançada por Xuxa em 1989 que vinha acompanhada de uma "folha sonora" - uma espécie de encarte que, se colocado na vitrola, reproduzia a música "Em Busca do Amor", uma das músicas de Xuxa que foram engavetadas e que provavelmente entraria no 3º ou 4º "Xou da Xuxa". A composição é de Michael Sullivan e Paulo Massadas e tem um estilo bem diferente das músicas que Xuxa costumava gravar naquela época, tanto a base instrumental quanto a letra , que é melódica e romântica. Hoje em dia é muito comum ver a tal "folha sonora" à venda em sites como o Mercado Livre e a versão digitalizada da música pode ser encontrada em comunidades do Orkut que disponibilizam esse tipo de material.

As músicas engavetadas...


Pra quem não sabe, além das músicas inéditas já conhecidas do público, que tocaram em shows e programas especiais e que jamais foram lançadas, existem aquelas que o público não chegou a conhecer. Para todos os discos, eram gravadas cerca de 20 músicas. Depois, era feito um fórum com crianças onde elas escolhiam suas músicas preferidas, com excessão daquelas feitas sob encomenda que os produtores já davam o sucesso como certo (como foi o caso de Tindolelê, Pinel por você, etc.). Assim, muita coisa ficava de fora, algumas delas acabavam entrando em discos posterioes, mas a maioria delas o público jamais chegou a conhecer.

Isso acontece até hoje com o "Xuxa Só Para Baixinhos". Inclusive a música tema do projeto, também intitulada "Só para baixinhos", foi gravada para entrar na primeira edição. Acabou ficando de fora e havia planos para que saísse no XSPB3, quando até um clipe para música foi gravado e que seria utilizado para a introdução do projeto. Porém, até hoje ela não foi utilizada e não há mais planos para que seja lançada. E não só essa mas vários clipes foram gravados para o XSPB e acabaram sendo engavetados por falta de espaço ou por não terem agradado no resultado final.

Antigamente, não era raro Xuxa comentar no programa de alguma música que o público não conhecia, ou imagens de bastidores mostrarem Xuxa cantando músicas que jamais seriam ouvidas novamente. Algumas até ficavam de plano de fundo de alguns programas, como a famosa música do grupo Menudos, "Viva Bravo", que Xuxa regravou e tocou muito de fundo nos últimos "Planeta Xuxa" exibidos em 2002, mas que jamais chegou a cantar no programa. Entretanto, algumas das músicas acabaram saindo da gaveta, como é o caso de "Corrente do Amor", que seria lançada no "Xou da Xuxa 6", jamais foi cantada por Xuxa na época, e acabou entrando na compilação de músicas inéditas "Xuxa", lançado em 1993.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...