sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Trajetória de Andréa Faria como Paquita

Andréia Faria começou a trabalhar com Xuxa ainda na Manchete. Sempre participava das gravações do "Clube da Criança" e acabou sendo convidada para ser assistente de palco, bem na época que Xuxa estava prestes a migrar para Globo. Por gostar muito de sorvete e demorar pra entender algumas coisas, acabou recebendo o apelido de "sorvete na testa", e com o passar do tempo, "sorvetão", que ficou mais famoso que seu apelido no programa, "Xiquita". Era uma das paquitas mais velhas e, rapidamente, passou a ser a paquita preferida do público e de maior destaque. Com isso, se tornou líder do grupo, que teve seu auge em 1989, com o lançamento do disco "Paquitas". Devido ao seu sucesso, passou a fazer algumas apresentações sozinha, sem a presença de Xuxa e as demais paquitas. Ganhou uma música dedicada a ela intitulada "Sorvetão", que entrou no primeiro álbum do grupo. Começou a namorar o cantor Conrado bem nessa época, que era presença constante no programa e causou grande frison na época. Porém, no auge do seu sucesso, Andréia deixou de fazer parte da turma, no ínicio de 1990. Sua última participação no "Xou da Xuxa" foi no especial de ano novo daquele ano. Depois disso, a gravação do programa foi suspensa por um tempo e voltou sem a participação de Andréia. No ar, nenhuma explicação foi dada ao público sobre a saída de Sorvetão. Na época, estava acontecendo o concurso de paquita paulista, que serviu para abafar o caso. Andréia sumiu do programa misteriosamente. Porém, segundo entrevistas recentes da ex-paquita, Andréa saiu por ter se desentendido na época com Marlene Mattos.
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Majorie disse...

Amava a avó da Andréia qua a levava as gravações !

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...