sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Trecho da Matéria: "Diversão com sotaque espanhol"

Jornal: O Globo
Data: 16/3/1991
Repórter: Lívia de Almeida

FILMES TAMBÉM SERÃO EXIBIDOS EM OUTROS PAÍSES

Xuxa se prepara para conquistar o mercado latino-americano. Mas não será apenas através da televisão. Em junho ela estará participando das filmagens de "Gêmeas", uma co-produção da Xuxa Produções/Dreamvision e Columbia Pictures, orçada em US$ 1,2 milhão (cerca de Cr$ milhões, pelo câmbio paralelo). No elenco, o cantor mexicano Emmanuel e mais um ator brasileiro, que ainda não foi escolhido. Fábio Júnior foi convidado, mas está com dificuldades para conciliar as filmagens com a preparação de seu novo disco. Outro nome cogitado é o do ator Maurício Mattar.

O filme terá lançamento simultâneo em toda a América Latina. Segundo Diller Trindade, diretor da Dreamvision, ele deve ser visto por quatro milhões de pessoas no Brasil e por oito milhões no México.

Trindade revela que os filmes "Super-Xuxa contra o baixo astral" e "Lua de cristal" estão em fase de dublagem para o espanhol. Brevemente as duas primeiras incursões da apresentadora como estrela de cinema serão lançadas nos países da América Latina. Ele acredita que o potencial de venda de ingressos para cinema e de discos no exterior é incalculável por causa da estréia do programa diário de Xuxa naqueles países.

Em um momento em que a produção cinematográfica brasileira parece estar paralisada, a Xuxa Produções/Dreamvision dão uma demonstração de vitalidade. As duas empresas estão preparando nada menos do que quatro filmes, além de "Gêmeas". "O gaúcho negro", com lançamento previsto para junho, acabou de ser rodado no Sul do Brasil. Xuxa filmou uma participação, fazendo a narração da história para um grupo de crianças. Também já está concluído "O inspetor Faustão e o Mallandro". Este mês começam as filmagens de "No rancho fundo", a estréia no cinema da dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó, com lançamento previsto para setembro. E em agosto Sérgio Mallandro começa a fazer "Cachorro-quente", a ser lançado no próximo verão.

- Talvez não seja o que os críticos desejassem ver, mas o fato é que nós estamos abrindo campo de trabalho para muita gente dessa área - afirma Marlene Mattos.

Segundo a produtora, a decisão de investir em cinema foi tomada depois de uma pesquisa de mercado, com a aprovação de Xuxa. Marlene afirma que a crise econômica brasileira também prejudica a apresentadora.

- Se seus primeiros discos venderam quase três milhões de cópias, o último deve ter vendido um milhão - diz.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Davis Meneghell disse...

gente q filme gemeas é esse?

Kildare Sena disse...

Davis, é o mesmo filme q deveria ter lançado naquela época, mas não deu

e só filmaram e lançaram em 2006, entendeu?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...