domingo, 29 de janeiro de 2012

Entrevista: Roberta Cipriani

Roberta Cipriani, a Xiquitita Surfista, foi a primeira Paquita do time de mascotes a entrar no programa, sendo representante de Xiquita Sorvetão. De todas as gerações, Roberta foi quem ficou mais tempo como Paquita, de 1987 a 1995. Afastada da mídia (e sem pretensões de voltar), Roberta cedeu uma entrevista exclusiva para o Xuper Blog. Confira:



Como se tornou Paquita?
Morava ao lado do Teatro Fênix e sempre que podia frequentava o “Xou da Xuxa”. Adorava brincar lá. Um belo dia, meu pai me disse que nos mudaríamos para Curitiba e que eu tinha que me despedir de algo aqui e não pensei duas vezes, fui para o “Xou da Xuxa”. Comentei minha mudança com Xuxa e ela me respondeu dizendo que Marlene ia me chamar para ser Paquita. Daí meus pais estavam na plateia e Marlene foi conversar com eles. Foi assim que me tornei a Xiquitita Surfista. Meus pais mudaram os planos de vida por causa de mim.
Quando você entrou no "Xou da Xuxa? Teve alguma comemoração ou coroação?
Entrei no dia 25/05/1987. Entrei meses depois da Catu. Xuxa só fez um anúncio que eu era a Xiquitita.
Por um bom tempo você foi a Paquita mais nova do time. Como era o seu convívio com as outras nessa época?
Era um pouquinho difícil devido a idade, mas gostava porque era paparicada por todos, principalmente pela Xuxa e Marlene.
Em 1987, uma garota chamada Monique frequentava as gravações do “Xou da Xuxa” vestida de Paquita, porém nunca foi reconhecida oficialmente como uma, o que anos mais tarde levou ela a processar a Xuxa Producões. O que você acha dessa história?
Ela realmente não foi Paquita. Ela simplesmente se vestia de Paquita e Marlene deixava ela ficar por lá.
Quais Paquitas da época foram suas melhores amigas? E quais você não simpatizava?
Minhas amigas eram Catia e Priscilla. As que não simpatizava é melhor não falar (risos).
Há boatos que você tinha uma certa rivalidade com Letícia Spiller na época de Paquita. Essa história procede?
Nunca tive rivalidade com ela, essa história é irreal. Só pensávamos diferente, mas nada de inimizade nem stress.
A criação do disco das Paquitas surgiu por conta da música "fada madrinha", que logo se tornou um grande sucesso ao ser cantada pela primeira vez em homenagem a Xuxa, ou já era um projeto de Marlene?
Verdade. Depois disso Marlene decidiu gravar um disco com as Paquitas.
Sobre o primeiro álbum das Paquitas, você ficou chateada na época por cantar apenas uma música?
Lógico que fiquei, mas nada pude fazer.
Como descreve sua relação com Xuxa desde o momento que entrou como mascote do grupo até sair como veterana do time?
Ela cuidava da gente, éramos realmente uma família. Lógico que havia momento de stress, mas toda família é assim, nada é perfeito.
E com Marlene Mattos?
Com Marlene a mesma coisa, tínhamos muito respeito por ela, posso dizer que medo também (risos).
Por que acha que conseguiu ficar tanto tempo?
Acho que sempre tive um bom comportamento e Marlene prezava por isso. Eu era muito disciplinada e dedicada, sou assim até hoje!
É verdade que seu pai trabalhou na produção do programa e shows?
Ele nunca trabalhou e sim ajudou. Ele sempre foi um pai dedicado e amoroso  

Por que decidiu sair do projeto “Paquitas, o reencontro”? É verdade que houve um desentendimento com Priscilla Couto?
Saí porque minha vida mudou completamente e não dava para conciliar minha agenda de shows com uma nova família que estava formando e um novo trabalho. Estava grávida e não queria ficar viajando, deixando minhas coisas de lado, como sou dedicada gosto de fazer bem feito, cuido da minha filhota que estava a caminho, do meu maridão, da minha casa e do meu restaurante.
Quais ex-Paquitas você ainda tem amizade?
Ana Paula Pituxita e Catia.
Em 2010, o TV Xuxa iria fazer um encontro das ex-Paquitas do time de 1989. Porém, antes mesmo do encontro ser cancelado, você já havia declarado que não iria participar. Por que tomou essa decisão?
Porque hoje tenho uma vida muito corrida e já tinha confirmado presença no primeiro encontro que acabou não acontecendo e, quando remarcaram, eu já tinha a data fechada com outro compromisso. Amo estar com a Xuxa, pra mim é sempre um prazer! Tenho orgulho de ter trabalhado com ela e de fazer parte dessa história tão linda.
A justificativa para o cancelamento do reencontro teve várias versões, entre elas, que não teria acontecido pois nem todas iriam participar. Você acha que não aconteceu por não ter participado? O que você acha que realmente aconteceu?
Não tenho a menor ideia do cancelamento. Fiquei triste, mas isso acontece. Trabalhei vários anos lá e via que às vezes coisas eram canceladas.
Qual a última vez que falou com Xuxa?
Faz tempo... Foi no encontro de 20 anos. 
Sua filha conhece Xuxa? Se não, pensa em um dia leva-la para conhecê-la?
Não conhece e queria muito que ela a conhecesse, porque ela adora a Xuxa. Penso em levá-la sim. Ela ama os DVDs do XSPB e quando a Xuxa aparece, ela fica doida!! Dança e canta tudo!!! 
Quais são seus planos e projetos para sua carreira? Pretende voltar para a carreira artística?
Hoje sou dona de um restaurante em Macaé, o “Papo Furado”, que fica no shopping Plaza Macaé, com meu marido Rapahel Thuin. Trabalhamos muito, não temos tempo pra nada, mas amamos o que fazemos e estamos juntos sempre. Graças a Deus nosso restaurante é um sucesso na cidade, tem dado muito certo. Não pretendo voltar para as telinhas, estou mega feliz com essa minha vida!!!
Vamos supor que Xuxa estivesse lendo esta entrevista. Qual recado você daria pra ela?
Xuxa, tenho muito orgulho de ter trabalhado com você que será sempre a rainha dos baixinhos e altinhos. Sinto saudade do tempo de Paquita, foram 8 anos ao seu lado e isso nunca será apagado da minha vida. Hoje minha filhota compartilha essa minha linda história ao seu lado e com apenas 1 ano e 10 meses vibra ao me ver de Paquita ao seu lado, através dos vídeos da época . Isso realmente é mágico. Você é linda e será sempre uma estrela que brilhará por toda a vida. Te amo! Saudades, mil beijinhos da Roberta Cipriani,  sua Xiquitita Surfista.

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

sunny disse...

Ótima entrevista!, infelizmente algumas ex-paquitas vem renegando o seu trabalho com a Xuxa e se juntando ao coro de que a o tempo da Xuxa já acabou(tudo blefe,pois o XSPB é uma realidade nesta década,prova disso é a declaração da Roberta em relação a filha dela que curte o XSPB).Ainda bem que a Roberta não se juntou ao coro de ex-fãs(que demonstram nunca ter gostando da Xuxa verdadeiramente,pois se gostassem apoiavam a Xu em suas novas empreitadas,e usam o saudosismo do planeta e do xou como desculpa para detonar a Xuxa)e das ex-paquitas que tem vergonha de seu passado com a Xuxa.Valew Beta surfista!

sunny disse...

Parabéns também pelo excelente vídeo com as imagens da Roberta,eu senti falta de imagens da temporada de 94 do Xuxa park(que é muito discriminada pelos fãs,na minha opinião é a melhor fase junto com a de 97).Os fãs também falam das roupas das paquitas da fase 94 que não gostavam,eu amava porque estava bem moderno a de 93 também com os patins.Eu não sou muito saudosista em relação a Xuxa,gosto quando ela está com novidades sem releitura de seus antigos programas,como eu já falei isto é uma tapa na cara dos críticos que insistem em dizer que o tempo da Xuxa acabou.A única vez que gostei de uma releitura do xou foi justamente em 97 que tinha todo o clima para acontecer,porem depois se desgastou.Eu vi recentemente no Wikipedia a audiência do Xuxa park,e a fase de 94 foi onde o programa teve maior audiência(eu me recordo desta época que até quem não gostava da Xuxa,acordava as 08:00 e ficava até ao meio-dia para conferir as atrações do Park ,minhas vizinhas e o pessoal do colégio por exemplo).

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...