sexta-feira, 23 de março de 2012

Bah; tchê! Dá um desconto pra guria!

Muito se falou acerca do sotaque da Xuxa (até este blog buscou por um instante discutir esta polêmica questão) no episódio de "As Brasileiras" exibido no último dia 22. Os gaúchos partiram na frente e reivindicaram o direito de ter seu sotaque bem representado, tchê! Foram indicações de que Xuxa teria feito pesquisas com antecedentes do século XVIII, de que ela havia se desnaturalizado e que a ênfase carioca dificultou sua interpretação, etc.


Enfim, aqueles que promoveram uma parcial repercussão negativa esqueceram de que Xuxa é apresentadora. Na verdade, Xuxa é animadora (de telespectadores, plateias, ouvintes de rádio...). Sua competência principal não é a voz, nem a interpretação e tampouco a dança. O carisma a mantém há exatos 29 anos na telinha. Foi ele quem a levou da Rede Manchete para a Globo, da Globo para a Telefe argentina, da Telefe para a Tele 5 espanhola e desta para a MTM americana. E seu carisma salva tudo! Pois ele a eleva à categoria de estrela, sem necessidade de rótulos adicionais.


Em meio a experts como Julia Gam, Bianca Bighton e Christine Fernandes, Xuxa tentou ser atriz. Sua tentativa foi louvável e o convite fez-se por merecer: seu carisma veio a tona mais uma vez. Independente de sotaque ou naturalidade na interpretação, Xuxa divertiu o público e isso é o que conta.


No vídeo abaixo vê-se duas apresentadoras gaúchas (sim, originais, guri!) defendendo a apresentadora e mostrando que o nervosismo natural de quem pouco interpreta dificultaram sua atuação na série. Suando, nervosa e a base de alguns calmantes, Xuxa fez o possível no set de filmagem. O sotaque, como haveria de ser tratado, pouco foi comentado por elas...


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...