quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Matéria: Diversão em frequência modulada

O sucesso do programa de rádio foi grande o suficiente para deixar todo o bairro do Andaraí, onde era gravado, incomunicável por conta do grande número de ligações que a FM O Dia recebia dos ouvintes. Essa e outras curiosidades sobre barulho que o programa causou na época você confere na matéria da Revista Contigo, publicada no dia 01/08/1995:


Diversão em freqüência modulada 
A rainha dos baixinhos faz sucesso brincando muito em seu programa de rádio

Por: Adriana Marmo 


É dentro de uma minúscula sala de 3 x 4 metros, rodeada de prateleiras repletas de discos e caixas de som que Xuxa se diverte diariamente. E ainda realiza um sonho antigo: ser apresentadora de rádio, O programa, que começou em 20 de junho, vai ao ar de segunda à sexta das 15 h às 17 h pelos 90.3 da Rádio FM O Dia e acabou com a tranqüilidade de uma pacata rua do bairro de Andaraí na Zona Norte do Rio. Apesar de ser uma de suas diversões preferidas, a loirinha leva o programa muito a sério. Chega pontualmente às 141130, mas bem antes dela uma legião de fãs a aguarda. Michele 12 anos, confessa que é uma felizarda, pois mora pertinho do estúdio e, desde que Xuxa começou programa, ela tem visto a sua musa pelo menos três vezes por semana. 


Quando chega, dirigindo seu carro com um segurança ao lado, ela dá uma palavrinha para todo mundo antes de subir ao estúdio, Lá começa a escolher as músicas que irão ao are organiza o programa, que tem o roteiro assinado por Mara Torres. Até que chega o momento mágico: 
"Olá você que está no carros, você que está na cozinha, você que está trabalhando você que está namorando, enfim, olá para você que está ligado na O Dia" - anuncia empolgada. "Gente, vocês não imaginam como eu estou feliz. O sonho da minha vida sempre foi dizer esta frase: olá você que está no carro!" acrescenta informalmente, O ecletismo do programa fica por conta da trilha sonora. Hits da apresentadora misturam-se a Lulu Santos, Raça Negra, Zélia Duncan, enfim, tudo que é sucesso. "Eu ouço rádio há muito tempo e às vezes me pego cantando músicas que nem eu mesma sabia que conhecia", conta ela. Mas tudo é motivo de diversão: "Outro dia me deu vontade de comer pipoca e pedi para fazerem aqui na cozinha do estúdio. Colocaram o saquinho no microondas, mas deixaram queimar. Como o microfone estava aberto, aproveitei e falei no ar que estava louca por uma pipoquinha quentinha. Nem precisei esperar, daí a alguns minutos, começaram a chegar bacias, baldes de pipoca. Foi uma festa" lembra a apresentadora. 


De qualquer forma ela está adorando a experiência e aprendendo cada vez mais sobre o novo veículo. A produção providencia para a rainha uma imensa cesta de frutas, que são consumidas ao longo do programa acompanhadas de muito líquido. E embora o ibope do primeiro mês do programa ainda não tenha sido divulgado, a versão DJ de Xuxa é um verdadeiro furacão: basta dizer que a Telerj precisou destinar um tronco inteiro só para a FM O Dia. No dia da estréia, o prefixo 571 de Andaraí entrou em colapso e todo o bairro ficou incomunicável. E enquanto Xuxa conduz seu programa, na sala ao lado do estúdio,  as telefonistas trabalham dobrado, ou melhor, quadruplicado. As quatro funcionárias atendem nada menos que 600 telefonemas durante o programa, além de quatro secretárias eletrônicas ligadas 24 horas por dia, sete dias da semana. O maior problema das telefonistas é que todos os ouvintes querem a mesma coisa: falar com a Xuxa. "Perdemos muito tempo explicando a eles que isso é impossível, o que nos impede de atender a cerca de 1500 chamadas", diz Elisabete Gomes dos Reis, telefonista e auxiliar de produção, cargo que a faz percorrer quilômetros no estreito corredor que liga a sala dos telefones ao estúdio. 


Os ouvintes escrevem cerca de 200 cartas por dia com pedidos, declarações de amor, desenhos e presentes. Tamanha participação faz a alegria do gerente geral da rádio, Mário Henrique Guimarães: "O programa da Xuxa é um xuxesso", exulta. A loirinha está sempre recebendo convidados. No início de julho, a atriz Cláudia Raia a encontrou e foi um tricô só. Cláudia nunca havia falado em rádio e gravou vinhetas que irão ao ar em breve. "A experiência foi uma curtição, o maior barato. Fiz vários personagens, entre eles o Tonhão, a Maria Inspiração (do extinto TV Pirata), um mexicano doidão, que inventei na hora, uma menininha e uma mulher morena de voz sensual para competir com essa loira sensual que é a Xuxa. Foi fascinante. 


Fafi Siqueira e Tom Cavalcante também já compareceram ao programa. Agora, Xuxa pretende divulgar tais participações aos poucos. E, de quebra, quer convidar Chico Anysio e os alunos do Professor Raimundo.


Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...