domingo, 1 de fevereiro de 2015

Imitações da Xuxa: Kika Paço de Arcos

Sim, Kika. Quanta originalidade as imitadoras da Xuxa tinham... Não havia um nomezinho menos óbvio, caros leitores? Não, pois a proposta da Xuxa portuguesa era tentar chegar o mais perto possível da sua inspiração. E ela tanto fez que conseguiu #sqn. Cristina, a Kika, é uma versão digna de Piores Clipes do Mundo (saudades da MTV), onde analisar uma apresentação de 1 minuto nos renderia 1h no ar.

Pouco se sabe sobre ela. Kika foi uma apresentadora em Portugal (infelizmente não achamos vídeos com amostras do que deveria ser o "Xou da Kika") e parece ter "sobrevivido" entre os anos de 1989 e 1990. Com voz estridente, pulando como se tivesse tomado um Red Bull e dançando com uma malemolência digna da Bahia (cof cof), Kika mais assustava do que entretinha. Ou melhor, talvez enchesse os olhos dos telespectadores de tão trash que era.


Com um "olá, crianças!!!" bem purtuguês seguido de alguns "vamos, kikitos e kikitas!!!", Kika trazia as roupas infantis e coloridas da Xuxa, com direito a botas e adereços da época, como xuquinhas. Seu ponto mais fraco (sim, pois são muitos) era sem dúvida a música. Enquanto nossa estimada Xiomy ao menos se deu ao trabalho de traduzir as letras da Xuxa, Kika deve ter feito as suas de improviso com sua avó, trocando de roupa pra sair.

Vejam uma apresentação do Natal de 1989, e que parece ser uma de suas primeiras de Kika. Com duas "paquitas" backing vocals e rodeada de personagens, Ki-ki-ki-ki-ki-ki-ka anima o programa com um visual Xuxa 1987-88 (botinhas de cano baixo prata, shortinhos curtos e muita pele a mostra).



Mas uma aparição para não mais esquecermos é essa de 1990, do Festival RTP (concurso promovido pela Rádio e Televisão de Portugal, desde 1964, e que a classificou em 10º lugar - como, senhor?). Nela, Kika canta o "clássico" Terceiro Milênio, com uma dicção tão incompreensível que nos faz duvidar se somos descendentes de portugueses.


A animadora entra no palco após fumar algo muito animador no camarim e já se mostra mais profissional: roupa a la Xou da Xuxa 1987, cabelos bem escovados, e pseudo-paquitas já com franjinhas nos ombros. Dessa vez suas backing vocals são dois personagens: um animal de penas e outro ainda não identificado por este blog (imagino as crianças em casa assistindo horrorizadas). Ah, e demos a César o que é de César: Kika cantou ao vivo. Mal e com uma voz de uma senhora dona de uma taberna portuguesa, mas ao vivo. Palmas pela esforço!

Muitos anos depois (acreditamos que o vídeo seja dos anos 2000), Kika se apresenta com o tema "Planeta Azul". Visivelmente mais velha e com uma desenvoltura ainda pior, ela traz crianças ao palco mas adota um visual mais maduro e pop.



Em 2014, uma emissora portuguesa entrevistou Kika e recapitulou um pouco de sua história. Na matéria, eles ressaltam o fato de ela ser conhecida como Xuxa portuguesa e Cristina comenta que seu "diferencial" foi levar ao festival um tema infantil. Hoje, ela se dedica a atividades comunitárias junto a crianças em São Tome, Portugal, conforme mostra a matéria desse link

Deixamos vocês com esse belo vídeo daquela que pareceu ser a única cópia européia da Xuxa:

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Jullian Michel disse...

Imagino a cara deles quando a Xuxa conquistou o mundo e eles descobriram que tudo não passou de cópias e inspirações mal feitas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...