quinta-feira, 25 de junho de 2015

Xou da Xuxa - O 1º piloto descartado

Não é segredo pra ninguém que o "Xou da Xuxa" teve cenários reprovados, programas descartados e sua estreia foi adiada algumas vezes. Abaixo você confere uma matéria do jornal O Globo que conta detalhes sobre a gravação dos primeiros pilotos reprovados e que jamais foram ao ar.

Em seguida, uma outra matéria do mesmo jornal que conta porque Xuxa não ficou contente com o resultado da 1ª gravação e preferiu aprimorar o programa antes de coloca-lo no ar.


Jornal: O Globo
Data: 10/04/1986


As alegrias são tantas que compensam o sacrifício. Mesmo com a saúde abalada e o nervosismo natural da estreia, Xuxa se esquece de tudo quando começa a trabalhar com as crianças. Para a gravação dos primeiros programas, ela recebeu 400 crianças no Teatro Fênix, muitos flores de Pelé e toda a atenção carinho dos pais Alda e Luís Meneghel. O "Show da Xuxa" estreia dia 21 de abril e irá ao ar diariamente de 9 às 12h30, na Rede Globo, com muitas brincadeiras, distribuição de prêmios e novos desenhos. 

Um hábito antigo. Uma visita de inspeção pelo palco. Terça-feira última também foi assim. Xuxa chegou ao Teatro Fênix um pouco antes das 16 horas, acompanhada de seus pais, D. Alda e Luís Meneghel,e do médico Itamar Rocha de Toledo. Abraçou a cenógrafa Leila Moreira, o diretor do programa, Edi Newton, deslizou pelo escorrega, pulou para se certificar da segurança da rampa por onde as crianças correriam, e examinou o material de todos os enfeites que decoram o cenário. Nele tudo é leve e colorido, feito com espuma, plástico e fibra de vidro. Os objetos são bem grandes para dar à criança uma ideia de fantasia, que as deixe à vontade para soltar sua imaginação. Depois de tudo aprovado Xuxa foi para o seu camarim. Todos se preocupavam e com razão. Naquela terça-feira, até o meio-dia, Xuxa esteve de cama, tomando soro para se recuperar de um stress infeccioso virótico que a obrigou a passar um dia internada numa casa de saúde, como explicava o médico:

— Não foi nada grave, mas exigiu um tratamento especial. A internação foi aconselhada porque ela vomitou muito e se desidratou, precisando então de soro. Mas, agora, está tudo bem.

No camarim, enquanto se arrumava, Xuxa fazia caretas e se submetia ao "sacrifício" de tomar suco de frutas com açúcar. Ela é naturalista e "odeia" açúcar, mas, como era uma recomendação do doutor obedeceu. Com a ajuda de seu produtor, Cláudio Robato, escolheu as roupas que iria usar gravação dos primeiros programas, ao longo de toda a semana. Antes de entrar em cena era natural um pouco de nervosismo.

— Não sei ainda como tudo vai acontecer. Preciso sentir o clima, as crianças brincando no cenário.


A força e o carinho dos pais Alda e Luís Meneghel deram mais segurança a Xuxa na gravação de estreia

D. Alda mostrava-se confiante.

— Tenho plena certeza de que ela vai dar o melhor de si mesma para que tudo saia perfeito. Trabalhar com criança é muito gratificante para Xuxa. A criançada proporciona um clima de alto astral e para ela o mais importante é sentir-se bem.

O apoio da família é também indispensável. Assim "seu" Luis Meneghel adiou uma pequena cirurgia a que deveria se submeter no dia 8, para ficar o tempo todo ao lado da filha.

— Eu gosto de acompanhá-la e ela se sente segura quando estamos por perto. 

A cada intervalo o pai cuidava de, discretamente, verificar a temperatura da filha, que surpreendeu a todos com sua disposição. Para ela o importante é manter o altíssimo astral.

— Sempre sou tratada com muito carinho e só posso me sentir bem. Aprendi muito com as crianças nesses três anos e ainda quero aprender muito mais. Acho lindo e comovente o jeito com que elas me tratam.

Antes de entrar em cena um momento de concentração para relaxar. Logo em seguida, ainda nos bastidores, ela começou a brincar com as 400 crianças que estavam auditório do Teatro Fênix. Xuxa gritou e pediu que todos gritassem bastante — uma técnica para descontrair e fazer a turma entrar no clima. Um pedido de Xuxa era imediatamente atendido. Minutos depois, a garotada iniciava a contagem regressiva para a entrada triunfal da apresentadora. 



Primeiro ela conversou com as crianças, explicou que aquele programa estava sendo gravado e que na hora em que ela anunciasse um desenho animado ninguém deveria esperar que os super heróis aparecessem de repente em alguma tela, pois apenas o pessoal de casa pode ver o programa completo. Ninguém desanimou e a criançada delirou com a entrada do conjunto "Dominó", atração do programa de estréia. Ainda na terça-feira gravaram números musicais os grupos "Trem da alegria" e "RPM", que serão apresentados nos programas que virão logo a seguir. O cenário em que Xuxa gravou os primeiros programas é bastante simples, segundo a cenógrafa Leila Moreira. Tudo é acolchoado para preservar a segurança das crianças, num ambiente que lembra um parque de diversões com pipas balançando no ar e com bastante espaço para todos brincarem e ficarem à vontade.



Jornal: O Globo
Data: 16/04/1986


O público infantil que aguardava para a próxima segunda-feira a estréia do "Show da Xuxa" pela TV Globo não precisa ficar triste. Houve apenas um adiamento e todas as providências estão sendo tomadas para que as manhãs da Globo sejam um verdadeiro show com a participação da criançada, distribuição de prêmios, números circenses e musicais, de acordo com a proposta inicial do programa. Ainda não há uma data definida para a estréia que pode ser no dia 5 de maio.

Terça-feira da semana passada quinhentas crianças compareceram ao Teatro Fênix para participar das gravações dos quatro primeiros programas. Apesar do cuidado de todo o pessoal da equipe, numerosos imprevistos de última hora atrasaram o início da gravação. O mecanismo de montagem e desmontagem dos brinquedos e a repetição das gravações fez com que até uma e meia da madrugada fossem gravados apenas dois programas. A tão aguardada estreia do "Xou da Xuxa" na TV Globo teve alguns empecilhos.

— Nessa hora nos reunimos e resolvemos encerrar as gravações daquele dia — conta a produtora executiva, Marlene Mattos. — No dia seguinte, assistindo ao tape constatamos que devido ao longo tempo que tínhamos que esperar entre a gravação de uma brincadeira e outra fez com que o programa, perdesse o ritmo. Simplesmente Xuxa não rendeu nem um décimo do que ela é capaz. Optamos por suspender as gravações que já estavam marcadas e nos reunimos para uma avaliação.

Xuxa, Marlene Mattos, Walter Lacet, diretor da divisão responsável pelo "Show da Xuxa" e
Wilson Rocha, diretor de criação, partiram para reestruturar o programa que passa a ter um novo diretor, Paulo Netto, por indicação da própria apresentadora, que dá sua explicação para esta mudança.

— Estou superentusiasmada para fazer este programa. Cancelei seis desfiles e outros compromissos profissionais para me dedicar exclusivamente ao programa que tenho certeza que vai sair como eu desejei. Para mim é tudo muito simples, parto do princípio de que o mais importante é a criança, o programa é para ela, é dela. Só posso me sentir à vontade para trabalhar se as crianças tiverem condições de correr e brincar pelo cenário que tem que ser, acima de tudo, funcional. A criança que participa do palco tem que estar inteiramente à vontade para passar a alegria e a liberdade para as outras que estão em casa assistindo. Isso é fundamental. E isso será feito. 

Quem conhece diz que é fácil trabalhar com Xuxa e só há um segredo: ela tem que se sentir livre. A produtora Marlene Mattos acompanha Xuxa desde que ela começou a apresentar programa infantil. Paulo Netto, o novo diretor, garante que não é difícil dirigir Xuxa.



— Ela atua como as crianças e o importante é mostrar sua espontaneidade. Claro que todo programa terá um roteiro, mas a gravação tem que correr solta. Se uma criança passar na frente da câmara isso faz parte do show. Cuidaremos da qualidade técnica da imagem e vamos fazer a câmara acompanhar o que acontecer pelo cenário. 

Até o dia da estréia da nova programação infantil a TV Globo continuará apresentando a "Turma do Balão Mágico" de segunda a sábado, das 9 às 12h30. Todas as crianças que foram ao Teatro Fênix para a gravação dos primeiros programas serão convidadas a voltar e quem está inscrito tem seu lugar garantido para os próximos programas, provavelmente nos primeiros dias de maio. Está mantido o trato de ser sempre às terças-feiras no Teatro Fênix, com a participação de 80 crianças por programa e num dia deverá ser gravada uma média de quatro. Estão sendo estudados novos projetos de cenários apresentados pela cenógrafa Leila Moreira, da TV Globo, e de Mauricio de Souza, o criador da Turma da Mônica, que mandou um projeto a pedido da própria Xuxa que ontem à noite teve uma reunião com o José Bonifácio Sobrinho, Boni, para acertar os últimos detalhes de seu programa.

— As relações entre Xuxa e a TV Globo estão melhores do que nunca - garante Marlene Mattos que tem "procuração" para falar por Xuxa de quem é amiga pessoal. Aliás — esclarece — não houve briga nem desentendimento entre qualquer elemento da equipe. O diretor foi substituído porque Xuxa já trabalhou com Paulo Netto, responsável pela direção de todos os musicais infantis da Globo e reconhece que ele está mais próximo da proposta inicial do "Show da Xuxa".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...