terça-feira, 29 de setembro de 2015

Programa Xuxa Meneghel #7 - 28/09/2015

O Xuxa Meneghel #7 gerou uma repercussão não muito positiva entre os fãs que comentaram o programa nas redes sociais. A principal queixa foi o reencontro entre Xuxa e Sérgio Mallandro, que prometia ser o ponto alto do programa, mas foi pouco explorado e deu lugar a um inusitado e inesperado show de calouros, ocupando boa parte da atração. Confira nossa análise:



Reencontro de Maria e Bob
O aguardado reencontro por conta da celebração dos 25 anos do filme Lua de Cristal gerou grande expectativa entre os fãs. Pena que isso acabou sendo pouco explorado. A encenação da emblemática cena em que Bob salva Maria foi recriada de maneira improvisada e pouco produzida. Exibida na abertura do programa, a cena foi gravada horas antes da transmissão começar e talvez tivesse sido mais interessante se fosse feita ao vivo, com a presença da plateia. A participação de Sérgio se resumiu à cena e em algumas histórias sobre a amizade entre os dois que foram contadas rapidamente. Rodrigo Faro, o outro convidado da noite, dividiu as atenções com Sérgio e foi melhor aproveitado, com direito a música e participação surpresa de sua mãe no palco. O assunto #LuaDeCristal25Anos não entrou na pauta. 


Calouros Freak Show
Poucos minutos após o início, a atração se tornou um show de calouros de celebridades da internet um tanto quanto bizarras. O sofá de convidados deu lugar a um júri formado por Nany People, Rodrigo Faro e Sérgio Mallandro, e o formato talk show foi substituído por algo mais popular, que pode ser comparado ao que era feito no TV Xuxa ou mesmo no seu atual concorrente direto: o Programa do Ratinho. A inspiração no The Ellen DeGeneres Show passou longe dessa vez.



Resposta a Sônia Abrão
O programa ainda teve o tradicional Toc Toc, que talvez tenha rendido um dos melhores momentos do programa. E falando nele, o momento mais polêmico foi a resposta debochada de Xuxa à jornalista Sônia Abrão, que na semana passada havia ironizado em seu programa o GPS utilizado pela Rainha no último Toc Toc, enquanto andava por São Paulo (a partir do minuto 4:04).



Ibope
Outro momento inusitado foi a referência que Xuxa fez ao fim da novela Verdades Secretas: "Graças a Deus acabou". E o fim da novela, que concorria diretamente com a atração durante boa parte do tempo até semana passada, surtiu certo efeito no Ibope. O Xuxa Meneghel dessa vez empatou com o Ratinho e venceu o Máquina da Fama. Na média, deu 8 pontos, 2 a mais que na semana anterior (6). No Twitter, o programa repetiu o feito e garantiu o 1º lugar entre os assuntos mais comentados nos TT's mundiais.


Enquanto na semana passada tivemos uma das melhores e mais variadas edições do Xuxa Meneghel, essa semana tivemos talvez a mais fraca até agora. A Xuxa que os fãs querem ver não precisa se render ao popularesco, basta saber aproveitar os convidados, que mesmo quando não se tem tanto a oferecer, ela consegue conduzir muito bem e tirar leite de pedra como ninguém. O formato inspirado no programa de Ellen DeGeneres, tão criticado por boa parte desse público, nunca fez tanta falta como ontem. Mas como a audiência correspondeu bem, é provável que mudanças como as de ontem permaneçam.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...