quinta-feira, 3 de março de 2016

Revista da Xuxa: Edições 13, 14 e 15

Por: Leandro Franco

Vamos falar de economia, pessoal! Dinheiro, grana, din-din, bufunfa... Opa, você deve estar se perguntando “mas eu acessei o Xuper Blog ou em algum site de economia?” Oras, o Xuper Blog também te ajuda a fazer economia! Vamos falar das edições 13, 14 e 15 da Revista da Xuxa.


No início dos anos 90, nossa moeda era o Cruzado Novo (NCz$) e ela vigorou até março de 1990 – mês da publicação da edição 15 da revistinha. Naquela época, para ter as três edições do post de hoje você precisaria ter NCz$ 68,00. É... isso mesmo: Edição 13 a 12,00, Edição 14 a 20,00 e Edição 15 a 36,00 cruzados novos! InflaXão nos gibis!


Só que no Xuper Blog você não precisa de NCz$ 68,00, nem R$68,00; só precisa clicar nos links embaixo de cada capa e baixar a respectiva edição. Aproveita logo! PromoXão de ocasião!


Edição 13


Clique aqui para download da versão digitalizada da revistinha nº 13

Na primeira historinha do ano de 1990, nem precisamos dizer qual foi a referência utilizada, não é mesmo? A própria Xuxa já deu a dica.



Resolvemos brincar com isso e achar algumas semelhanças de Moderninho e a loira e os filmes de Indiana Jones, famoso personagem arqueólogo dos cinemas.






Willie Scott (1984) e a nossa Xuille Xcott (1990)

E como não lembrar do filme Xuxa e o Tesouro da Cidade perdida que também bebeu nessa fonte? Mas isso é uma outra história.



Se a primeira história buscou sua inspiração lá no comecinho dos anos 80, a história do Dengue é tão atual que podia estar em qualquer gibi de hoje. O personagem sofre bullying por ser diferente, mas no desfecho mostra que não aprendeu a lição. Ei, Dengue! “Eu sou diferente de você, você é diferente de mim, eu sou diferente de você e mesmo assim, você vai gostar de mim!”. E não vale dizer que o XSPB 10 só saiu depois.

Curiosamente não tem escrito FIM na historinha, será que era uma forma de dizer de que a intolerância às diferenças não tem fim?

Ainda nas historinhas, em “O Astro do Rock” dois figurinos de Xuxa chamam a atenção: um porque é o da capa e outro... bom, guardem na mente, voltaremos a ele daqui a uns posts.


Aliás, esse figurino da capa também foi o escolhido para ilustrar a quarta edição da Edição da Revista de Montar da Xuxa, que trazia um dominó para os baixinhos montarem. Curiosamente ele seria mais adequado para a número 5, que trouxe um baralho. Sacaram? Baralho, naipes, roupa da Xuxa... 


No Correio da Xuxa, as sugestões eram de todo tipo: desde uma historinha inspirada na “Escolinha do Professor Raimundo (extinto programa da Rede Globo) até a um Jornalzinho da Xuxa e uma seção de Recados do Coração.


A promoção “Show de Prêmios Xuxa” continuava a todo vapor e trouxe um novo anúncio mostrando mais detalhes dos prêmios a serem distribuídos.


E pra não esticar o assunto já antigo, deixamos só uma imagem:

Resistir ao biquíni verde? Nós já sabíamos desde a edição n.6.


Edição 14

Clique aqui para download da versão digitalizada da revistinha nº 14

Fevereiro, mês de carnaval, mas no ano de 1990 a Revista da Xuxa – ao contrário do ano anterior – não fez qualquer menção à folia de Momo (exceto pela Seção Dicas para os Baixinhos). A capa do mês trouxe um figurino absurdamente conhecido dos leitores. Sim, tinha que ser o onipresente Biquíni Verde. E é o biquíni de bolinha amarelinha de listra pretinha que vai dar início às capas que trazem figurinos repetidos de Xuxa. Veremos isso acontecer bastante daqui pra frente, mas por enquanto vamos voltar lá na edição n.6 (Junho/1989)...

Você se lembra do meu biquíni? Continua o mesmo, mas nos meus traços quanta diferença..

Nas historinhas tivemos uma presença mais marcante de Temporão. O rapaz aparece com destaque na primeira história, “Os Astros Não Mentem”, e é o protagonista – ao lado de Pavão – da segunda história, “Eu Ajudo”.


Você sabe em quem foi inspirado o Temporão?
O personagem foi inspirado no sonoplasta Manoel Tavares, que Xuxa carinhosamente chamava de "Manel" no programa. 


No Correio da Xuxa, tivemos um pedido inusitado: uma garota conta que participou da gravação do Especial de Natal de Xuxa no ano de 1987 e que queria muito ter a gravação (VHS) pra guardar de lembrança... E não é que Xuxa, muito gentil, disse que ia ver o que podia fazer? Imaginem se isso vira moda? Xuxa não ia fazer mais nada na vida além de correr atrás de gravações de seus programas na TV. O Xuper Blog já tava até pensando em como seria sua cartinha... “Querida Xuxa, te amamos muito, tem como você arrumar umas  fitas do Xou da Xuxa, começando de 30/06/1986 até a data que você ler essa carta? Só essas , tá? Beijos de luz!”


E como criança é sempre sincera e pura em suas respostas, a garota Angélica (!!!) foi direta: “fala pro Dengue, pro Praga e pro Moderninho que eles são bem mais bonitos nas revistinhas” e ainda chiou pela falta de criatividade no figurino das Paquitas. Ô Angélica! De biquíni verde você gosta, né?


Já que falamos das Paquitas, na história que fecha a edição temos a primeira menção à Xiquitita e à Paquitita, integrantes da segunda leva das ajudantes da loira.


Edição 15

Clique aqui para download da versão digitalizada da revistinha nº 15

Na edição de março de 1990 mais uma vez a mensagem de tolerância às diferenças é destaque. Na primeira aventura, Xuxa e Moderninho se vêem presos por um povo que não entende como eles não brilham como os habitantes do lugar, que são cristais. E o preconceito não atinge só nossos protagonistas...

É, livrar-se da praga dos preconceitos não é tão simples assim. Falando em praga, nossa tartaruga preferida teve uma surpresa e tanto numa madrugadas dessas... e dessa vez ele nem teve culpa. Pela segunda vez um nome de música de Xuxa também é o título de uma de suas historinhas em quadrinhos: “O Praga é uma Praga”, só que o a história não tem NADA a ver com a música de 1988.



No Correio da Xuxa, muitos agradecimentos por conta do minipôster da edição 10. Pena que nem assim levaram isso adiante, pois vai demorar um bocado para os leitores terem um brinde igual.



Sugestões também brotavam de todos os cantos do país, de papéis de carta e passatempos  até uma leitora que praticamente queria uma seção Moda Moldes Só Para Baixinhos dentro do gibi. Tem de tudo mesmo...


Adivinhar o que as pessoas querem não é fácil e fica mais difícil se você resolver se consultar com uma tal Madame Yara que vê o passado, presente e futuro... Vamos voltar lá na edição 13? Reparem na plaquinha do “consultório”



Ainda na 13, no decorrer da história aparece uma cigana de rua, que tem a mesma cara da Madame Yara . Como assim?



Agora vamos à Edição 15. Olha Xuxa aí se consultando com a tal Madame Yara. Reparem que o figurino de Xuxa é o mesmo e a madame Yara agora tem as roupas da cigana de rua, mas outra cara... Ufa! Ainda bem que Xuxa encontrou a Regina Shakti para acertar nas previsões.

Se mudar de roupa não era comum, mudar de cor era. Na história da Leninha, Mumu e Paulista, a equipe de coloristas não fugiu à regra e depois da Xinha ter ficado branca numa dessas historinhas, agora o Bruce, bulldog da Leninha, ficou cinza. Será que existia uma espécie de Kolleston Kanino no universo dos gibis?

Bruce marrom na edição 7 e cinza na edição 15

Falando em bichos, é nesta edição que começam a ser encartadas as fichas dos bichos ao final de cada edição. Reutilizaram a capa da edição 11 para fazer a apresentação da nova seção, que estreou falando do golfinho e do canguru.


Paramos por aqui, pessoal...


 Verdade, Xuxa! Quase esquecemos de dizer pra continuarem ligados no Xuper Blog. Edições 16, 17 e 18 a caminho... Ah, pra quem ficou curioso sobre nossa conversa de ter NCz$ 68,00 para comprar as revistinhas naquela época, só por curiosidade resolvemos converter esse valor para o Real e deu o valor de R$ 0,0000247273. É isso mesmo, produção?


Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Christiane Sousa Sousa disse...

Amei as edições fico aguardando as proximas

Christiane Sousa Sousa disse...

Cader as outras edição? A 16,17,18?????

Xuper Blog disse...

Christiane, que bom que você está ansiosa pelas novas edições. Como já deve ter visto, o blog segue o cronograma de fazer uma postagem semanal sobre as revistinhas, geralmente às sextas-feiras. Enquanto a próxima sexta-feira não chega, que tal você descobrir os outros conteúdos que oferecemos? Temos certeza que você vai achar muita coisa legal sobre a Xuxa. Já conferiu nosso vídeo com os melhores momentos do Programa Xuxa Meneghel? São histórias que não estão no gibi! Abraço!

Christiane Sousa Sousa disse...

Ja vir o video xuxa meneghel amei

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...