quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Programa Xuxa Meneghel #52 - 29/08/2016

Ainda pegando carona na onda das olimpíadas, a 52ª edição do Xuxa Meneghel começou com uma matéria externa que mostrou o encontro de Xuxa com a baixinha Maria Rita, a faixa-preta em taekwondo mais jovem do Brasil, que superou vários problemas de saúde e hoje sonha em representar nosso país numa Olimpíada. Como não amar nossa Rainha tentando aprender técnicas de taekwondo com a garotinha?


E teve surpresa pra garota! Xuxa levou a atleta Natália Falavigna, ídola de Maria Rita, para conhecer a garota. Ainda nesse tema, que terá acontecido com a exibição da segunda edição do quadro Olimpíadas do Bem? Pra quem não sabe, o casal Andreia Sorvetão e Conrado chegou a gravar o game, que por enquanto permanece na gaveta.


No palco, pela segunda vez consecutiva, tivemos o quadro Casei, Dancei. A competição de dança entre casais está com as inscrições abertas no site oficial do programa e parece ser uma das apostas da atração. Não é pra menos, o quadro realmente prende atenção, diverte e dessa vez durou o tempo certo.


Os medleys de músicas pop da competição logo deram lugar ao funk carioca. A cantora Ludmilla, que já havia participado o programa #23, dessa vez foi o grande destaque da noite e participou do Papo Reto e do quadro "Se Eu Fosse...". A ideia de colocar pessoas da rua complementando a frase "se eu fosse (nome do convidado do dia)..." foi um acerto; é divertido ver o que as pessoas fantasiam se fossem famosas como os convidados, sem contar as reações do entrevistado.


Mas quem roubou a cena durante o quadro foi a MC Elis, uma baixinha de apenas 5 anos que faz passinhos de funk frenéticos e encanta por sua desenvoltura com tão pouca idade.


O ritmo permaneceu em destaque, mas o Rio deu lugar a São Paulo por conta da participação de MC João.  O autor da faixa "Baile de Favela"competiu com Ludmilla em uma Ecopista, uma pista de dança sustentável que gera energia elétrica quando pressionada pelos passos de dança. O MC conseguiu gerar mais energia que a dona do hit "Hoje" e ganhou a competição, mas uma coisa não ficou muito clara: o rapaz usou a pista por 2'30''; já Ludmilla teve 1'46'', então é óbvio que ele iria gerar mais energia que a cantora. Se no dia da gravação o tempo foi igual e editaram para a exibição, menos mal. Do contrário, houve um deslize nisso aí...


O programa se encerrou com a volta do DesaBAFÃO - com direito a palanque montado no palco (o que lembrou um pouco o quadro Na Boca do Povo ou o Reclame ao Xuxerife, ambos do Xou da Xuxa). Quem se habilitou a falar foi Ludmilla, que se ateve a falar de forma genérica sobre o cuidado em se compartilhar tudo que se lê sem ao menos verificar os dois lados da conversa. O quadro não dura 30 segundos, então é difícil ter algo mais consistente e acaba fazendo com que o nome perca seu propósito: não tem 'bafão" e o desabafo vira só um comentário.


O 2º ano do programa Xuxa Meneghel continua apostando na diversidade, depois de um programa com Sandy e Tiago Iorc, tivemos Ludmilla e MC João. Pra todos os gostos, todos os estilos e uma só Rainha.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...