domingo, 26 de março de 2017

Vídeo Exclusivo: Xuxa em Uma Palavra

XUXA em uma palavra...
Parece fácil, parece simples, parece... injusto!
Tantas palavras surgem para definir esse carinho e respeito que sentimos por aquela que conhecemos ainda crianças e hoje, mais do nunca, continuamos a admirar e amar.
Crescemos, amadurecemos, mudamos... Nós, ela, o amor. Que bom que foi assim! Ao escolher a loira que descia da nave rosa num mundo de sonho, estávamos escolhendo mais que o programa de TV predileto da infância. Sem saber, estávamos dando nome a um sentimento único, de difícil compreensão – para quem não o entende – e capaz de nos fazer muito mais felizes.
Ao preparar o vídeo em homenagem ao aniversário de 54 anos, reafirmamos a certeza que não há uma só palavra que a defina. Na realidade, são muitas e nenhuma ao mesmo tempo.
Iluminada, “Bondade”, generosa, “Alegria”, estonteante, categórica, ... tudo a faz uma pessoa completa, plena. Ao lado das pessoas que fazem parte da sua história, estamos nós que temos orgulho em dizer o quanto você é importante em NOSSA história.
E sim, conseguimos descobrir qual palavra é a melhor para defini-la:
Xuxa em uma palavra é: XUXA.
Os que amam entenderão.

terça-feira, 21 de março de 2017

O 1º Aniversário de Xuxa na TV

Por: Leandro Franco

A comemoração do aniversário de Xuxa no seu programa de TV – seja ele qual for – se tornou algo tão esperado e tradicional como os Especiais de Natal da loira. Por essa razão, no ano em que isso não acontece, a frustração dos fãs é geral, afinal todo mundo queria saber qual a surpresa que a produção prepararia para nossa Rainha. Esse ano vai ser um desses... Xuxa está sem programa, o Dancing Brasil só estreia dia 03/04.


Engana-se quem pensa que a tradição dos “aniversários na TV” começou na época do Xou da Xuxa (Rede Globo); foi bem antes, lá em 1984, ainda na Rede Manchete, no Clube da Criança. Vamos relembrar (ou conhecer) esse que foi o primeiro aniversário de Xuxa na TV?

Na TV e nas páginas da revista: o aniversário de 21 anos de Xuxa

Em 1984, quando Xuxa não tinha nem 1 ano de contrato com a Rede Manchete, a emissora preparou uma bela comemoração para os 21 anos da modelo-apresentadora. Xuxa podia até ainda não dominar a arte da apresentação na TV, mas a Manchete sabia o diamante bruto que tinha nas mãos e por isso fez um programa (quase) surpresa com todas as honras para sua estrela. 

O programa foi gravado no dia 13/03 e exibido às 17h do dia 27 de março de 1984. Presenças ilustres no estúdio, Maurício Sherman e Moyses Weltman – diretores da TV Manchete na época – engrossaram o coro do “Parabéns Pra Você” que as crianças do Clube da Criança cantavam a plenos pulmões.

João Kléber, todo VJ, parabeniza a "manequim" Xuxa

No palco, outra estrela da casa foi parabenizar Xuxa: João Kléber. Sim, ele mesmo, o dos tais testes de fidelidade. Na época, João Kléber era um dos apresentadores do programa FM TV, uma espécie de Disk MTV dos anos 80. A atração de Kléber entrava no ar logo após ao Clube da Criança, às 19h.


Aniversário sem bolo não é aniversário! Os bolos de hoje são praticamente esculturas e tomam a forma que você quiser; lá no começo dos anos 80, o que tinha era aquele bolo cheio de glacê, daqueles que hoje você vê na padaria da esquina, mas o de Xuxa teve um diferencial que nenhum outro jamais teve: ele veio do teto! Sim, gente, do teto!


Falando em bolo, faltava a cereja do bolo! Já falamos que tinha gente importante na gravação, mas o que dizer da presença do fundador da Rede Manchete, sr. Adolpho Bloch? O empresário fez questão de estar presente no aniversário de sua ilustre funcionária. Sr. Adolpho e Xuxa dançaram juntos a música de abertura do programa “Xuxa Xuxu” e depois ele a parabenizou, logo em seguida uma baixinha leu uma mensagem para a aniversariante.

Xuxa e Sr. Adolpho Bloch: respeito, admiração e uma valsa

Ao final da gravação, a “manequim” (era assim que se referiam a Xuxa nesse começo) confidenciou:

“Falaram que ia ter uma comemoração e eu já estava um pouco preparada. Mas não me contive de emoção. Imagina se não tivessem me contado nada? Aí, eu caía em prantos mesmo. Foi lindo!”


João Kléber, bolo que vem do teto, valsa com o patrão...
um aniversário bem peculiar e capaz de
emocionar uma Rainha

domingo, 19 de março de 2017

Adeus ao "Velho Menega"

Por: Leandro Franco

No final da tarde de hoje (19/03) recebemos a notícia de que o pai de Xuxa, sr. Floriano Meneghel, havia falecido, após permanecer vários dias internado.
A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa de Xuxa, através do comunicado:

"O Sr Luiz Floriano Meneghel, 85 anos, faleceu hoje as 18:50 horas, rodeado pelos seus familiares, no CTI do Hospital Barra D'Or. Ele sofria de falência múltipla de órgãos, após prolongada internação hospitalar."

Sr. Floriano, no final de janeiro, deu entrada no Hospital Samaritano, no Rio, para tratar de um problema relacionado à sua coluna. Foi diagnosticado que ele tinha osteoporose. Desde então ele permaneceu internado, chegando a entrar em coma nos últimos dias. O estado de sr. Floriano era tão grave que Xuxa chegou a dizer, em entrevista ao quadro “Primeiras Impressões” do Canal TV Caras, que seria um milagre se ele sobrevivesse.


A partir de então, Xuxa passou a dividir com os fãs a situação de seu pai, sempre pedindo orações. As orações vieram e Xuxa fez questão de as agradecer, mas num post feito pouco antes do falecimento, ela indicou que a luta de seu pai estava se encerrando.


Sr. Floriano, como todas as pessoas que cercam Xuxa, acabou se tornando muito conhecido dos fãs, mas não só por ser o “pai da Xuxa”. O “velho Menega” sempre deu um jeitinho de aparecer nos eventos profissionais e pessoais da filha.

O Xuper Blog registra aqui sua homenagem ao sr. Floriano e deseja que todo o carinho e respeito que temos por Xuxa se convertam em força e serenidade para que ela, seus irmãos e Patrícia, atual esposa de sr. Floriano, encarem este momento.

O jovem Floriano Meneghel no Paladino Futebol Clube de Santa Rosa/RS (1957)



Papai orgulhoso com esposa Alda e a caçula Xuxa (1963)

As Bodas de Prata do casal (1978)



Com D. Alda e as filhas Xuxa e Mara Rúbia (1982)


Presente no 1º Xou da Xuxa ( programa piloto que não foi ao ar) (1986)...

... e no último também (1992)


No aniversário de 32 anos de Xuxa (março de 1995)


No missa pelos 33 anos de Xuxa (março de 1996)


Em Miami Beach (EUA) (fevereiro de 1997)


Jantar em família no Natal (1997)


No aniversário de 35 anos de Xuxa (1998)

Ansiedade de avô: na Casa Rosa, dias antes do nascimento de Sasha
 e na Maternidade no dia do parto (1998)


Avô coruja: mimando Sasha em Acapulco (maio de 1999)


Acompanhando as filmagens iniciais de "Xuxa Requebra" (maio de 1999)


Fazendo parte do show do Mister M (agosto de 1999)

Com a filha Solange na pré estreia carioca de "Xuxa Requebra" (dezembro de 1999)


Presença no 1º desfile de Sasha para a grife "O Bicho Comeu" (julho de 2000)


Mostrando a tatuagem de seu signo, feita durante
as filmagens do Planeta Verão (dezembro de 2000)


Beijando o busto em homenagem a seu pai, sr. Eduardo Meneghel,
em Santa Rosa/RS (abril de 2002)


No Porcão (RJ), durante o almoço da Caprichosos de Pilares (junho de 2003)


Na apresentação de balé de Sasha, na UERJ (dezembro de 2003)


No desfile da Caprichosos de Pilares, quando
a escola homenageou Xuxa (fevereiro de 2004)


Não basta ser pai, tem que participar: entrando no clima do Circo,
durante o lançamento do XSPB 5 (agosto de 2004)


Com Xuxa, Luciano e Beth Szafir, a bordo do Navio MSC Musica (novembro de 2008)


Vibrando pela neta Sasha durante o jogo de volei (junho de 2010)


A última foto divulgada com toda a família reunida

quinta-feira, 16 de março de 2017

Viva Xuxa, Viva Schin: a saga das latinhas

Por: Leandro Franco

Fala a verdade: você já se pegou olhando se existia seu nome na latinha de refrigerante, lá na prateleira do supermercado, não é mesmo? Procurar todo mundo procurou, mas encontrar... bom, aí a história é outra.
Imaginem que legal, para gente que gosta da Xuxa, achar a latinha com a inscrição “Quanto mais XUXA melhor...” Sim, nós também procuramos o nome dela, vai que...


Essa história de nome nas latinhas existe aqui no Brasil desde julho de 2012, mas foi em outubro de 2015 que a esperança de achar a latinha da Xuxa veio com força total.


Toc Toc
Xuxa estreou na RecordTV em agosto de 2015 e o programa contava com o patrocínio da Brasil Kirin, que também “estreava” novos produtos no mercado: os refrigerantes Viva Schin (antes da repaginada chamavam-se Schin Refri). 

Merchandising do refrigerante durante o "Xuxa Meneghel", na RecordTV

O refrigerante se tornou o principal patrocinador do quadro Toc Toc, que consistia numa visita surpresa de Xuxa a alguma pessoa que se encaixasse no slogan “Viva Junto, Viva Schin”.

Em contrapartida, o refrigerante também divulgava o quadro em suas redes sociais


A ideia era trazer Xuxa para junto das pessoas.

Quem não queria receber Xuxa em casa?

Os refrigerantes também patrocinavam o quadro Xelfie, em que Xuxa sorteava algumas pessoas da plateia para fazer uma selfie na cabine fotográfica da Schin.

Xelfie com o mozão...


... e com o povão!


 Embaixadora
Satisfeita com o retorno que Xuxa poderia dar à empresa, a Brasil Kirin foi mais longe do que apenas comprar uma das cotas de patrocínio do programa: transformou Xuxa em sua embaixadora oficial, no final de setembro/2015.

Os gerentes da Brasil Kirin com a Embaixadora Xuxa 

Bruno Piccirello, gerente de marketing de Viva Schin, destacou a importância da parceria de Viva Schin e Xuxa.
"Para passar todas essas novidades para nosso público, nada melhor do que trazer uma grande estrela como a Xuxa. Estamos muito felizes em ter o endosso dela neste momento tão importante”.

E Xuxa, claro, endossou: "A marca está completamente alinhada com essa minha nova fase.  Tem a ver com momentos de diversão e alegria e tem a ver com família, com estar junto. A parceria é muito verdadeira vai ser ótima”


Arte feita pela Viva Schin no final de 2015 e divulgada nas redes sociais da empresa


Os agrados à Embaixadora
Pouco depois de anunciar Xuxa como sua embaixadora, a Viva Schin presenteou a loira com alguns “mimos” que deram o pontapé inicial na história “Xuxa nas latinhas”.
A Brasil Kirin foi muito mais além do que colocar o nome de Xuxa numa de suas latinhas e apesar de ser uma campanha do concorrente, ela foi a que mais levou a sério os dizeres “quanto mais XUXA melhor” e providenciou, logo de cara, TRÊS latinhas com o nome e a imagem da apresentadora: Cola, Guaraná e Laranja.

As latinhas exclusivas feitas pelo artista plástico Lobo

Para criar a arte das latinhas, a empresa chamou o artista plástico Lobo, considerado uma referência em Pop Art no Brasil e no mundo. Lobo criou duas imagens da apresentadora que serviram de base para as três latinhas.
Não satisfeita, a Brasil Kirin ainda encomendou um refrigerador estilizado com a mesma artes das latinhas. Pra quem não tinha o nome, passou a ter nome, imagem e arte exclusiva. Coisas de Rainha!

O refrigerador vintage também foi customizado com a imagem da Rainha 


Para a criação das artes, Lobo se valeu de duas imagens clássicas da apresentadora: a bela foto de perfil divulgada pela Contigo! em matéria de novembro de 2014 e uma foto tirada durante a coletiva  do show Natal Mágico, em 13/12/2014, em São Paulo.

As fotos que inspiraram a arte de Lobo

A Coleção de Latinhas

Depois que Xuxa ostentou suas latinhas exclusivas, começaram as perguntas sobre quando a Viva Schin iria liberá-las para comercialização. Demorou um pouco, mas a empresa decidiu atender ao desejo dos fãs. Somente em julho de 2016 – cerca de 8 meses após Xuxa mostrar seus presentes – a Viva Schin começou a comercializar latinhas em homenagem à loira: a coleção Viva Xuxa, Viva Schin.



Inicialmente a coleção contaria com cinco latinhas. Lobo continuou sendo o responsável pelas artes. Pouco tempo depois (um mês), diante da boa aceitação, a Brasil Kirin divulgou uma imagem com OITO modelos diferentes. Estava aberta a temporada de caça às latinhas.

Nem Pokemón foi tão difícil de capturar, viu, Brasil Kirin?


As fotos que inspiraram as artes foram feitas entre 2006 e 2012. O fotógrafo responsável por quase todas é o Bladinho Meneghel, sobrinho de Xuxa. Vamos conhecer um pouco mais de cada modelo:

#1 – Xou
Comercialização: a partir de 01/07/2016
Curiosidades: o nome sofreu algumas alterações até chegar às prateleiras das lojas. Incialmente, se chamaria “Lady X” – conforme release distribuído à imprensa –, mas numa das fotos de divulgação ela chegou a aparecer com o nome de “Xuxa Poderosa”. 

"Xuxa Poderosa" virou "Lady X", que virou "Xou"

As fotos que inspiraram a arte são do ano de 2007 (frente) e 2008 (verso). A primeira aparecia como background do Xuxa.com e a segunda foi feita por Felipe Gois. A Viva Schin utilizou essa segunda para divulgar uma transmissão ao vivo pelo Facebook, onde Xuxa responderia perguntas dos fãs.




#2 – Rainha
Comercialização: a partir de agosto/2016
Curiosidades: a foto da frente é de 2008 e foi publicada em página inteira no Jornal Extra em 06/04/2008, quando o jornal fez uma matéria comemorativa sobre os 10 anos da primeira capa de Xuxa para a revista Canal Extra (suplemento dominical do jornal). Já a foto de trás é a mesma foto que Xuxa usa como sua foto de perfil no Instagram.





#3 – Beijinho Beijinho
Comercialização: a partir de agosto/2016
Curiosidades: A foto de trás da latinha é a mesma foto que foi utilizada como capa do CD “Seleção dos Fãs”, que veio no Box Xou da Xuxa, lançado em 2012 pela Som livre. Já a foto da frente é mais uma dos planos de fundo do Xuxa.com em 2007/2008



#4 – Loira
Comercialização: a partir de setembro/2016
Curiosidades:  A foto da frente foi utilizada como plano de fundo do Xuxa.com; já a foto de trás é parte do ensaio que foi publicado na revista Vulque, em dezembro/2015.




#5 – Lady X
Comercialização: a partir de dezembro/2016
Curiosidades: A foto principal foi utilizada em um wallpaper do Xuxa.com em 2011. Já a foto da parte de trás é a mesma usada para a latinha #3. Por que repetir? Foto da Xuxa é o que não falta... A arte é diferente, mas a foto-inspiração é a MESMA.



#6 – Menega
Comercialização: a partir de dezembro/2016
Curiosidades: A foto da frente foi utilizada na capa da revista Expressão nº 100 (março/2012), já a foto de trás é novamente a foto utilizada no CD “Seleção dos Fãs” e, mais uma vez, pequenas alterações nos grafismos a diferem da anteriormente lançada (Latinha #3)



#7 – Xu
Comercialização: a partir de janeiro/2017
Curiosidades: se a latinha #1 teve seu nome alterado antes da comercialização, a #7 teve toda sua arte alterada. A primeira versão da latinha era inspirada em uma foto totalmente diferente da que foi escolhida para chegar às lojas. 



A foto principal final foi uma das fotos de perfil da Xuxa no Facebook e também capa da revista Chat n.2, em 2012. Já para a arte da parte de trás, não conseguimos identificar a foto inspiração, embora acreditemos que se já do mesmo ensaio que resultou nas artes da latinha #1 (parte de trás) e #6 (frente).




#8 – Querer, Poder, Conseguir
Comercialização: a partir de fevereiro/2017

Curiosidades: A foto da frente também foi uma das utilizadas nos planos de fundo do Xuxa.com entre 2007/2008. Já a foto de trás foi a capa da já comentada revista Vulque (dez/2015).





Pois bem, a última latinha teve o nome de Querer, Poder, Conseguir... Tudo a ver com o que Xuxa sempre falou, mas um tanto distante da realidade quando pensamos na distribuição dessas latinhas Brasil afora. Todo mundo queria, todo mundo podia comprar (afinal é o preço de um refrigerante), mas conseguir que é bom mesmo, poucos conseguiram.

A Viva Schin até se esforçou e a distribuição das latinhas realmente aumentou do meio pro fim, mas mesmo assim inúmeras localidades não viram um modelo sequer. Perderam a chance de já vender um pack com as 8 e a sacola promocional; daria mais certo e iria satisfazer os fãs colecionadores.

Aí, Viva Schin... Ainda está em tempo, fica a dica!


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...