quarta-feira, 10 de maio de 2017

As Participações Musicais de Xuxa - Parte II (pós-Anos 2000)

Por: Leandro Franco

Não dissemos que não tinha acabado? A partir de agora você confere a segunda parte das participações musicais de Xuxa fora dos seus discos de carreira. O post de hoje abrange as músicas dos anos 2000 em diante. A principal novidade fica por conta dos registros audiovisuais que se popularizaram na primeira década dos anos 2000, ou seja, Xuxa duas vezes: no CD e no DVD (ou BD para os mais exigentes).



Se você chegou agora e não entendeu alguma coisa, sugerimos que previamente leia o post As Participações Musicais de Xuxa - Parte I (Anos 90) para conhecer (ou relembrar) as 8 primeiras músicas.

Pronto?  Vamos lá...

A partir dos anos 2000, Xuxa alterou o foco de seus lançamentos fonográficos, mas isso não afetou o número de convites para participar como convidada nos discos de outros artistas


9. Marcha dos Gafanhotos
Autores: Frazão e Roberto Martins
Álbum: Sabor da Paixão (Som Livre, 2002), Vários Artistas



Tradicional marchinha de carnaval, Marcha dos Gafanhotos foi originalmente gravada em 1947 por Albertinho Fortuna, mas a versão mais conhecida é a de Nara Leão lançada em 1975.

Marcha dos Gafanhotos: Albertinho Fortuna (1947)  > Nara Leão (1975) > Xuxa (2002)

A música, na versão de Xuxa, integrou a trilha sonora da novela Sabor da Paixão, exibida pela Rede Globo na faixa das 18h entre outubro/2002 e março/2003. Foi a única música de Xuxa lançada exclusivamente  num disco de trilha sonora de novela.


A trama tinha locações na cidade de Porto/ Portugal e na Lapa/RJ.  A justificativa para a inclusão de Marcha dos Gafanhotos se dá pela presença de vários sambas na trilha e o fato do cantor original Albertino Fortuna ser natural do Porto. A música se assemelha muito ao estilo de canções utilizadas no quadro “Canta Cantiga” que fazia parte do programa “Xuxa no Mundo da Imaginação”, exibido na mesma época. 

Já que na novela a música não teve destaque, ficaria perfeita no "Canta Cantiga" do XMI




10. Lua de Cristal (Dueto)
Autores: Michael Sullivan e Paulo Massadas
Álbum: Duetos (Polydisc, 2003), de Michael Sullivan



A canção Lua de Cristal dispensa apresentações. Um dos maiores sucessos da carreira musical de Xuxa foi originalmente lançada em 1990, no álbum Xuxa 5 (Som Livre) e composta por Michael Sullivan e Paulo Massadas.
Em 2003, Sullivan decidiu fazer um disco de caráter retrospectivo celebrando o sucesso de suas composições ao longo dos anos, tantas que lhe garantiram presença no Guiness Book.

Sullivan: tantas canções que lhe renderam presença
no Guiness Book, Lua de Cristal ajudou bastante!


Entre todas as composições feitas para Xuxa, Sullivan elegeu Lua de Cristal como a que deveria estar no disco comemorativo. Um novo arranjo foi feito e ele gravou alguns vocais que posteriormente foram mixados aos vocais originais de Xuxa. Por um tempo a faixa foi apresentada como uma versão demo da música, o que não é verdade, e o próprio encarte deixa isso claro:

Embora muitos defendam que é uma versão demo, o encarte não deixa dúvidas



11. Erguei as Mãos
Autores: Marcelo Rossi
Álbum: Paz Sim, Violência Não (Sony BMG, 2008), de Pe. Marcelo Rossi



Em comemoração aos 10 anos de evangelização, Padre Marcelo Rossi comandou um grande show direto do autódromo de Interlagos em 21/04/2008. Vários artistas foram chamados, entre eles Ivete Sangalo, Hebe Camargo e, claro, Xuxa.

O primeiro grande registro audiovisual de Pe. Marcelo contou com a presença
de grandes nomes, a amiga Xuxa não poderia ficar de fora


Tudo foi gravado e originou 2 DVDs e 2 CDs, lançados em julho do mesmo ano. A loira cantou Erguei as Mãos, o primeiro sucesso de Pe. Marcelo. A faixa fecha o repertório do CD volume 1, mas no show foi a última a ser apresentada.

"Erguei as Mãos": para a música mais infantil de Pe. Marcelo, 
a Rainha dos Baixinhos como intérprete


12. Sono
Autores: Ivete Sangalo e Saulo Fernandes
Álbum: A Casa Amarela (Universal Music, 2008), Veveta e Saulinho



Incentivada pela amiga Xuxa, Ivete Sangalo lançou seu primeiro – e único até então – álbum infantil. No melhor estilo “Só Para Baixinhos”, Ivete se uniu ao amigo cantor Saulo Fernandes e montou um disco todo com canções lúdicas.

Veveta Só Para Baixinhos

A participação de Xuxa não ficou só incentivo, ela colocou voz na faixa “Sono”, uma canção minúscula de 1min e 13 segundos e com apenas 5 versos. Xuxa canta sozinha.

Única convidada do CD, Xuxa põe a meninada para nanar
depois da farra com tia Veveta e tio Saulinho


No encarte, Ivete faz questão de lembrar que Xuxa foi fundamental
em sua nova empreitada junto às crianças


13. Arco Íris
Autores: Michael Sullivan, Paulo Massadas e Ana Penido
Álbum: EletroSamba ao Vivo (Sony Music, 2012), Alexandre Pires



Alexandre Pires sempre foi “baixinho” declarado de Xuxa. O cantor que começou no grupo Só Pra Contrariar tem longa história com Xuxa. A admiração resultou em momentos memoráveis para o cantor e um deles foi Xuxa ter aceitado participar da gravação do show EletroSamba em abril de 2012.

Arco-Íris: novos arranjos e novos vocais da Rainha

Alexandre, que já tinha feito uma versão bem pessoal de Lua de Cristal no Planeta Xuxa, escolheu Arco-Íris para cantar com Xuxa. A faixa de 1988 ganhou novos arranjos que a transformaram num leve sambinha. Xuxa gravou novos vocais e o registro foi perpetuado no CD, DVD e BD lançado em agosto de 2012.

"Arco-Íris" no EletroSamba de Alexandre Pires:
todo samba tem em si uma luz, uma certa magia

Os dois chegaram a apresentar a música no primeiro TV Xuxa em que Xuxa aparece morena, também em 2012.



14. Bem-Aventuranças
Autores: Álvaro Socci e Cláudio Matta
Álbum: Ágape Amor Divino (Sony Music, 2012), Pe. Marcelo Rossi



Em maio de 2012, Pe. Marcelo transformou em show o sucesso de Ágape, seu livro lançado em 2010 e que atingiu a invejável marca de mais de 7 milhões de exemplares vendidos.  E como não se mexe em time que está ganhando, o Padre convidou novamente a amiga Xuxa para participar do espetáculo.

Ágape Amor Divino: o milagre da multiplicação de CDs

Xuxa e Pe. Marcelo cantaram Bem Aventuranças, canção já conhecida do público de Xuxa, pois foi apresentada no Planeta Xuxa Especial de Páscoa de 1999. Na ocasião, o programa foi exibido ao vivo e foi feito um link direto do Santuário do Terço Bizantino, enquanto Xuxa cantava sua parte do estúdio, Pe. Marcelo cantava do templo.




Embora a canção já fosse conhecida, uma nova gravação foi feita exclusivamente para o show. A faixa é uma versão musicada das palavras de Jesus no célebre Sermão da Montanha (Mt 5,3-12). Mínimas alterações foram feitas pelos compositores, apenas para dar melhor cadência. O CD, DVD e BD do show foram lançados em setembro de 2012.

Bem Aventuranças: nova versão para a canção de 1999,
já que essa nunca foi lançada oficialmente



15. Vem Chegando o Natal
Autores: Haven Gillespe e Coots (versão de Aline Barros)
Álbum: Natal em Família (Biscoito Fino, 2012), Bibi Ferreira



No final de 2012, a atriz e cantora Bibi Ferreira do alto de seus 90 anos lançou um disco natalino e convidou sua “família musical” para dividir as homenagens à data. Xuxa foi a convidada de “Vem Chegando o Natal”, música que a própria já tinha gravado em seu disco XSPB 9 - Natal Mágico (Sony Music, 2009).

Bibi Ferreira e Xuxa: nova versão para uma canção já conhecida do público da loira

A versão de Bibi ganhou ares de jazz e deu uma nova cara para a música, a cara de Bibi que esbanja jovialidade ao lado de Xuxa e das crianças do coro Dó-Ré-Mi. Os vocais de Xuxa são novos. O CD saiu em dezembro de 2012.

Xuxa regravou a música "Vem Chegando o Natal" especialmente para o CD de Bibi



16. É Vida Que Segue (Por que Não?)
Autores: Serginho Meriti, Rodrigo Leite e Cocão
Álbum: 30 Anos (Universal Music, 2013), Zeca Pagodinho



Comemorando 30 anos de carreira, Zeca Pagodinho lançou em maio de 2013 um álbum com regravações dos sambas mais famosos da música brasileira. A única música inédita do projeto, “É Vida Que Segue”, foi a escolhida para Xuxa interpretar ao lado do cantor.

O disco comemorativo de Zeca recebeu o nome da canção que tem a participação de Xuxa

A faixa também é a única gravada em estúdio e aparece no DVD/BD como um clipe alocado nos “extras” do material. A escolha de Xuxa para a canção não poderia ser mais acertada, embora a loira tenha uma mínima participação nos vocais. A faixa propaga a esperança para as crianças carentes e alerta que sempre é tempo de mudar, de deixar de beber ou fumar, exatamente como Xuxa sempre defendeu em toda sua carreira.

"Vida que Segue": ninguém melhor que Xuxa para o dueto


"O amor me faz cantar..."
Foram 16 participações desde 1992, em discos que vão de Sandy & Junior a Bibi Ferreira, passando por grupos infantis, Zeca Pagodinho e Pe. Marcelo. Diferentes cantores, diferentes estilos, diferentes públicos, em comum apenas "a cantora que não é cantora", como ela mesma diz... Imaginem se fosse.


Cantores, estilos e públicos diferentes
com uma Rainha em comum

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Ricardo Becker Maçaneiro disse...

A Marcha dos Gafanhotos era tema do núcleo infantil da novela Sabor da Paixão, sendo tocada várias vezes na novela.
Já Bem Aventuranças foi gravada s pelo grupo Cantores de Deus, que na época contava com a Vanessa que foi do Trem da Alegria em 2002.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...