quinta-feira, 3 de agosto de 2017

20 anos da 1ª participação de Xuxa no Casseta & Planeta

Há pouco tempo nós falamos dos convites que Xuxa recebeu para participar de outros programas de TV, mas não pôde aceitar. Agora é hora de falar de um dos convites que a loira aceitou e neste ano completa 20 anos!
Sim, VINTE ANOS. Há duas décadas Xuxa fez sua primeira participação no humorístico Casseta & Planeta, Urgente! da Rede Globo. Em 1997, Xuxa foi, por um dia, a oitava casseta e garantiu sua página na história do programa.



Humorismo-verdade, jornalismo-mentira
O programa ficou 18 anos no ar e ao longo desse tempo mudou de formato algumas vezes, foi mensal, depois semanal; trocou de quadros e apresentadora, passou a parodiar programas da própria emissora, mas o lema “humorismo-verdade, jornalismo-mentira” foi constante até o fim.
Até meados de 1996, os cassetas raramente contavam com convidados, as participações eram pequenas, geralmente num quadro ou outro. Em 1997, um novo formato foi testado: o convidado participaria de todo o programa e quem foi a primeira? XUXA!


Já no fim de 1997, o jornal O GLOBO lembrava
a participação de Xuxa como decisiva para o humorístico


O oitavo casseta
Bussunda, Cláudio Manoel, Hélio de La Peña, Hubert, Reinaldo, Marcelo Madureira e Beto Silva compunham o Casseta. A humorista e atriz Maria Paula, embora tenha ficado na memória das pessoas como a oitava casseta, era, na verdade, a apresentadora.
A temporada 1997 – ainda no formato mensal exibido dentro da Terça Nobre – começa exatamente com um concurso para eleger o(a) oitavo(a) casseta e durante o sorteio a ansiosa Maria da Graça aguarda o resultado sentada na plateia. Pronto! Estava no ar o primeiro CaXeta e Planeta, Urgente!

Aquela reação que a gente sempre tem quando descobre
que Xuxa vai fazer participação nos outros programas


O Furo da Notícia
O primeiro quadro que Xuxa participa é “O Furo da Notícia” que consistia em comentar notícias envolvendo figuras políticas da época. De cara, Xuxa entrevista o militante do PT, Luiz Inácio Lula “com Brócolis” da Silva. O “companheiro” estava todo animado com o 17º aniversário de seu partido e não se conteve com a presença de Xuxa na festa, mas invocou quando ela o chamou de “baixinho”.


Contextualizando: O PT foi fundado em fevereiro de 1980 e Lula sempre foi seu maior expoente, o grupo brinca com o fato do partido estar próximo à maioridade e ser obrigado ao alistamento militar como todo brasileiro que completa 18 anos.



Evita/Paquita
O sucesso de Xuxa na Argentina é de conhecimento de todos, fãs ou não. Desde 1991, quando estreou seu programa lá, Xuxa passou a ser adorada pelos argentinos tal e qual a esposa de Carlos Peron, Eva Perón – A Evita. 
Alguns dias antes da gravação da participação de Xuxa no programa (que aconteceu em 03/04/1997), o jornal Folha de São Paulo havia estampado na capa de sua edição dominical,  uma matéria comparando Xuxa à Evita por conta dessa comoção que nossa Rainha provocava em nuestros hermanos. Claro que os rapazes do Casseta não deixariam passar uma dessas e Evita virou Paquita.


Contextualizando: No final de 1996, foi lançado o filme Evita, estrelado por Madonna. A cantora fez o papel principal e ainda lançou a clássica “Don’t Cry For Me, Argentina” como single. No Casseta as cenas são exatamente as do filme e Ilariê ganhou uma versão na melodia de Don’t Cry... enquanto Xuxa recria a famosa cena do discurso no balcão da Casa Rosada.

Curiosidade: essa paródia entrou para o primeiro DVD do Casseta e Planeta, lançado em 2002 pela Globo Vídeo.





Respostas que nunca foram perguntadas
O próprio nome do quadro já diz o que se trata. Pessoas “comuns” aparecem respondendo uma pergunta que não foi feita. A interpretação fica a cargo de quem assiste. Xuxa aparece interpretando uma perua, daquelas bem ricas, que parece ter um hábito nada fino. A menor participação de Xuxa no programa, mas não menos divertida.

Alguém viu você colocar algo debaixo da mesa, haja naturalmente...



Bronca de Neve e os Sete Anões.
Grande destaque do programa, a paródia ao conto de fadas de Branca de Neve rendeu uma das melhores atuações de Xuxa em quadros de humor de toda sua carreira. Brotam referências ao universo de Xuxa e aos fatos então recentes do Brasil.

Bronca de Neve em apuros: de policiais malvados ao beijo do Príncipe Charles...
Enfrentar a Bruxa Má é fichinha!


Tudo é muito caricato, de forma proposital, e o destaque fica pelo encontro de Bronca e a Madrasta, num excelente momento de Maria Paula e Xuxa.



Contextualizando: ao invés do caçador que é mandado pela Rainha má para matar Branca de Neve, nossa Bronca encara um grupo de maus policiais, numa referência ao caso “Favela Naval”, onde policiais militares foram flagrados, em março de 1997, extorquindo e até agredindo pessoas numa blitz em Diadema/SP.  Os anões cantam “eu vou, eu vou, privatizar a Vale, eu vou”, lembrando a polêmica privatização da Vale do Rio Doce, que se concretizou em maio daquele ano. Ao final, só um príncipe pode salvar Bronca e ele é o Príncipe Charles, que não escapou da piada, já que ele estava separado de Lady Di desde agosto de 1996: “Faz tempo que não vejo uma perereca”


Beijo pra minha mãe, pro meu pai e pra você
O programa encerra com os cassetas agradecendo a presença do convidado especial da noite. A cada fala dão a entender que é Xuxa, mas ela é esquecida. Aparecem Luigi Barricelli e Valéria Valenssa. Os dois fizeram pequenas participações em quadros no programa naquele dia. Quando um dos cassetas finalmente fala que vão receber Xuxa, nossa loira se anima, mas quem chega é o nadador Fernando Scherer. Só resta a nossa Rainha se conformar ... 

Quem é a celebridade cujo nome começa com Xu e termina com Xa?
Não é tão óbvio assim, loira...

Repercussão
A participação de Xuxa deu muito certo e isso refletiu positivamente para ambos os lados. Xuxa ganhou o aplauso da crítica, que entendeu sua princesa debochada e sua Evita brasileira; teve até crítico sugerindo que ela fosse a empregada no humorístico “Sai de Baixo” (Cláudia Jimenez havia deixado a atração). De verdade!



Para o Casseta não houve melhor propaganda. Xuxa abriu as portas para que os famosos se aventurassem nos esquetes da trupe.





Um é pouco...
Claro que a história de Xuxa com os Cassetas não se escreveria num só capítulo. Depois da “estreia”, a Rainha ainda teve mais cinco participações no programa:

1. Ao lado de Angélica numa versão do quadro Maçaranduba & Montanha, que virou Maçaranxuxa e Montanhélica, exibido em dezembro de 2001. 

2. O Xirco da Xuxa, um rápido esquete brincando com o lançamento do XSPB5, em outubro de 2004. 

3. Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida, um merchandising do filme em forma de esquete em que Xuxa tenta divulgar o filme no programa, mas é impedida por um policial; exibido em dezembro de 2004. 

4. Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço, mais um merchandising de filme que teve inclusive a participação de Xuxinha. Infelizmente não conseguimos localizar o vídeo dessa participação.

5. Xuxa Gêmeas, seguindo a ideia do “merchan proibido”, Xuxa conta com a ajuda de sua gêmea (Hélio de La Peña) para divulgar o filme; exibido em dezembro de 2006.

As outras quatro participações de Xuxa no Casseta e Planeta


Essa loira é do Casseta
A participação de Xuxa foi ao ar no programa de 08/04/1997, o primeiro daquele ano. Para muitos, talvez até mesmo os rapazes do Casseta, o desempenho de Xuxa tenha sido uma surpresa, mas convenhamos, pra quem já era a loira do planeta, ser a loira do casseta é fichinha!
Dá o play e veja se não temos razão...

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...