terça-feira, 12 de setembro de 2017

Dancing Brasil 2 - Ep. 08 (12/09/2017)

"Viver e não ter a vergonha de ser feliz..." Os inesquecíveis versos da canção de Gonzaguinha  (1945-1991) abriram o 8º episódio da segunda temporada do Dancing Brasil. A canção, declaradamente uma das preferidas da nossa Rainha, foi interpretada ao vivo pelo produtor musical do programa, Dunga, enquanto Xuxa dançava com os bailarinos do programa. Em tom festivo, a apresentação não deixou de ser emocionante, dado o significado da letra.

♫♫ Mas isso não impede que eu repita: ♫♫
♫  É bonita, é bonita e é bonita!  

Para a noite, Xuxa escolheu um conjunto de saia e blusa, fugindo um pouco do estilo dos figurinos anteriores que eram mais glamourosos ou recriações de clássicos. O visual foi composto pela blusa assinada por Letícia Manzam e saia de Marcelo Cavalcanti.

Para todos os gostos: depois de recriações de figurinos clássicos e longos de gala,
Xuxa apostou no jeans, em criação de Marcelo Cavalcanti

Antes do programa começar, Xuxa fez uma rápida transmissão ao vivo em seu Instagram para anunciar que a RecordTV voltou a integrar as principais operadoras de TV a cabo e aproveitou para mostrar rapidamente a "concentração" do programa nos camarins da emissora.

Live para avisar que a Record TV voltou ao sistema de TVs a cabo...
Um bom motivo para ver se estava funcionando? O Dancing, uai!


Faltando apenas dois episódios para encerrar a temporada, os participantes e seus técnicos tiveram trabalho em dobro essa semana. Cada casal apresentou duas coreografias. Na primeira etapa, os seis casais se apresentaram da forma tradicional: individualmente. O diferencial ficou por conta das músicas que deram o tom das performances: todas eram canções nacionais e foram apresentadas ao vivo pela banda do programa (em versão reduzida, já que a cantora Livia Dabarian não estava).

Quase9: a banda triplo 10 do Dancing Brasil

Vale destacar a emoção que tomou conta do programa em duas apresentações. Na primeira, Yudi e Bárbara protagonizaram uma belíssima valsa que arrancou lágrimas do jurado Paulo Goulart Filho. Ovacionado por toda a plateia, Yudi também não se segurou.

A valsa de Bárbara e Yudi: dessa vez nem Fernanda reclamou do choro
♫♫   Eu só sei que confio na moça   ♫♫
♫  E na moça eu ponho a força da fé 


A outra apresentação também foi tomada por lágrimas, mas não de alegria. A jogadora Jaque Carvalho começou bem, mas teve um "branco" no meio da apresentação e se perdeu em alguns passos. A morena caiu em prantos ao final e foi acolhida por Xuxa. Mesmo assim, ela conseguiu uma pontuação maior do que Milene Domingues, que abriu a noite de competição.

Mais choro: a frustração de Jaque ao final de sua apresentação
♫♫    ...cantar e cantar e cantar...     ♫♫
♫ a beleza de ser um eterno aprendiz  

Na segunda etapa, a novidade da noite e do programa: pela primeira vez os participantes executaram coreografias feitas pelos jurados. Para isso foram divididos em três duplas de casais que competiram entre si. Falaremos quem disputou com quem e qual jurado coreografou as duplas daqui a pouco. A terceira apresentação, com o embate entre os casais Yudi & Bárbara x Lexa & Teo foi um dos momentos mais empolgantes dessa temporada. A comoção do público e dos próprios jurados foi tamanha que foi questionado se um empate técnico não poderia ser aceito diante do excelente desempenho de Yudi e Lexa, mas a regra é clara: isso não é possível. Somente Paulo fez questão de votar nos dois casais ao mesmo tempo.

Paulo Goulart Filho dá empate técnico
♫♫   É o sopro do criador   ♫♫
♫ numa atitude repleta de amor  


Fazendo jus ao nome, as músicas ficaram dividas em metade "Brasil" (nacionais), metade "Dancing" (internacionais), de acordo com o tipo de apresentação:

Abertura: O Que É, O Que É [Gonzaguinha] (1982)

Apresentações Individuais (canções interpretadas ao vivo pela Banda do Dancing)
1. Milene Domingues e Rafael - Sandra Rosa Madalena, A Cigana [Sidney Magal] (1978)
Ritmo: Tango

2. Suzana Alves e Tutu - Brasileirinho [Waldir Azevedo] (1968)
Ritmo: Quickstep

3. Carla Prata e Bruno - Um Certo Alguém [Lulu Santos] (1983)
Ritmo: Cha Cha Cha

4. Yudi Tamashiro e Bárbara - Rosa [Pixinguinha] (1917)
Ritmo: Valsa

5. Lexa e Teo - Sangue Latino [Secos & Molhados] (1973)
Ritmo: Paso Doble

6. Jaque Carvalho e Marcelo - Mas Que Nada [Jorge Ben Jor] (1963)
Ritmo: Samba


Desafio das Duplas
1. Carla & Bruno x Milene & Rafael - Swalla [Jason Derulo feat. Nicki Minaj & Ty Dolla $ign] (2017) 
Jurado Coreógrafo: Jaime Arôxa
Ritmo: Zouk

2. Suzana & Tutu x Jaque & Marcelo - On Broadway [George Benson] (1978)
Jurada Coreógrafa: Fernanda Chamma
Ritmo: Jazz Musical

3. Lexa & Teo x Yudi & Bárbara - Titanium [Madilyn Bailey (cover)] (2012)
Jurado Coreógrafo: Paulo Goulart Filho
Ritmo: Dança Contemporânea

As apresentações vencedoras do duelo de casais somaram 3 pontos ao placar ao participante campeão. Carla, Suzana e Lexa levaram a melhor e garantiram o acréscimo em suas notas. Mesmo assim, Carla não escapou da zona de risco, que dividiu com Jaque e Milene. Na votação popular, Carla ficou atrás e deixou o programa, mesmo tendo pontuação superior a de suas colegas de votação.


Carla: eliminada mesmo com a nota maior
♫♫ E a vida? Ela é alegria ou lamento? ♫♫
♫ O que é, o que é? ♫

O próximo programa será a semifinal e Xuxa já adiantou a novidade: dois casais serão eliminados no mesmo programa para que, ao final, saibamos os três finalistas do programa. Cada vez mais fica difícil lidar não com as eliminações, mas com o fato da temporada estar no fim e não termos nem previsão de quando Xuxa voltará às nossa telinha. Dancing Brasil 3 já, por favor!

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

janice de souza disse...

por favor queremos o dancing brasil 3 ja logo em sequencia.....

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...