quarta-feira, 9 de maio de 2018

Adeus a Dona Alda: voa, passarinho!


Ontem, 08/05, D. Alda Flores Meneghel, mãe de Xuxa, cumpriu sua missão e partiu deixando o ensinamento maior que AMAR É PERSISTIR, RESISTIR e LUTAR.

Aldinha, como Xuxa nos deixou chamá-la, lutou firmemente contra o Mal de Parkinson, diagnosticado em 2002. A doença consumiu o corpo, mas não a vontade de estar junto de seus filhos, de ser a mãe que todos eles sempre se orgulharam em dizer que tinham. Foram 16 anos de batalhas diárias, vencidas uma a uma até o dia em que ela realmente precisou descansar.

Falar de D. Alda é difícil, ela não era nossa, era de Solange, Mara Rúbia, Cyrano, Bladimir e Xuxa e só eles têm as palavras certas para contar sua história. Só eles sabem realmente a importância que sua mãe tem, por mais que nós saibamos o quanto ela é imensa.


D. Alda continua em nossas orações, sabemos o quanto Xuxa sofreu por ver a mãe tendo que buscar forças dia após dia para conseguir ficar com seus filhos por quanto mais o corpo aguentasse. Nossa homenagem a esta mulher incrível que tanto ensinou a seus filhos e obrigado, Xuxa, por ter dividido Aldinha conosco. Que todas as vezes que a saudade apertar, você tenha um céu bem azul para olhar e se lembrar que é lá que está seu passarinho. Ela vive dentro de você PARA SEMPRE.

Relembrando...
Vamos relembrar alguns momentos de D. Alda, começando por uma matéria publicada pela revista Contigo em abril de 1987. Confira a transcrição logo abaixo:


Indiscutivelmente, Xuxa é a coqueluche nacional. Mas o que poucos sabem é que, por trás de todo esse sucesso, há uma figura importantíssima, sem a qual a apresentadora não brilharia tanto como musa de baixinhos e marmanjos. Essa figura é sua "xupermãe", dona Alda. Sempre solícita, educada e calma, ela cuida de todos os detalhes que envolvem desde as roupas até a alimentação da loirinha favorita do Brasil.

— Não sobra tempo nem para me arrumar, passar um batom, Mas o que fazer? Xuxa precisa muito de mim.

O dia da "xupermãe" começa muito cedo, na loja O Bicho Comeu, uma das que têm a marca registrada da filha. É quando ela toma todas as providências para que vitrines e prateleiras não fiqem desfalcadas de novos lançamentos. Depois, vai a alguma das vinte lojas que vestem a maneca para o Xou da Xuxa. Escolhe acessórios, botas e roupas de acordo com o gosto da filhota.

— A Xuxa faz questão de ter três ou quatro opções de roupa na hora de se vestir. Desde pequena é assim. Eu sei exatamente do que ela gosta - conta a orgulhosa  mamãe.


Após a ronda pelas butiques, a "xupermãe" vai diretamente para os camarins da Globo, carregada de sacoIas. Fica por lá durante todo o tempo de gravação do programa. Às vezes, atravessa noites preparando vitaminas, sopinhas, sucos e frutas para alimentar a filha na longa jornada de trabalho. Não é de agora que dona Alda dispensa todos esses cuidados a Xuxa. Ela sempre soube que sua caçulinha um dia seria uma estrela. E nunca deixou de incentivá-la, mesmo tendo de enfrentar a oposição do marido, um militar. Ele não gostou nada quando a filha foi convidada para posar nua. Mas a palavra final ficou mesmo com dona Alda.
Hoje, a família toda trabalha com a loirinha, inclusive o pai, que é o seu contador. Dona Alda se orgulha da família e só lamenta não poder ter todos os filhos a sua volta, como qualquer supermãe assumida:

— Sinto saudade de tê-los aconchegados em mim. Dos tempos em que cobria cada um na hora de dormir, de passar óleo na barriguinha e cantar cantigas de ninar.


Momentos


Em 1953, com 16 anos


Com Xuxa e Sr. Floriano Meneghel (1979)



Julho de 1982: Xuxa já uma modelo famosa



1983: Bastidores de um desfile de moda



Em novembro de 1986, corujando a filha famosa



Em 1987, fazendo as roupas que Xuxa usaria no "Xou da Xuxa"



Uma das poucas vezes em que deu entrevista (1987)



A verdadeira Rainha da Rainha dos Baixinhos (1991)



Recebendo a benção do Papa João Paulo II, em Roma (1992)



Nas Ilhas Catitas, em 1994, com Xuxa e o neto Pedro Meneghel



Aniversário de 31 anos de Xuxa (1994)


Buenos Aires, 1994


Festejando os 32 anos de Xuxa com os familiares (1995)


Na missa em ação de graças pelos 33 anos de Xuxa (1996)


Compras em Miami, em fevereiro de 1997


Miami, fevereiro de 1997


Miami, fevereiro de 1997

Participação especialíssima no Especial de Natal de 1997 de Xuxa, na Rede Globo


Com a filha Solange e a mãe Olívia no aniversário de 35 anos de Xuxa (1998)


O primeiro aniversário de Xuxa com Sasha, em São Paulo, 1999


Ensaio fotográfico "As 4 gerações Meneghel", em maio de 2001




Desfilando pela Caprichosos de Pilares (2004), no ano em que Xuxa foi tema do samba-enredo da escola



2007, novo ensaio fotográfico ao lado da filha e neta


Estados Unidos, 2008


A última foto divulgada com toda a família Meneghel reunida (2012)


A homenagem na antiga Fundação Xuxa Meneghel, em setembro de 2012



Janeiro de 2015 com Xuxa, Blad, Solange e Cyrano (sentido horário)


Festa Junina na casa de Xuxa, com Junno (2015)


Na plateia do programa Xuxa Meneghel (Record TV) em 07/09/2015

MÃE...
"Uma vez quando eu quis ser modelo aos 16/17 anos, ffizeram uma reunião familiar e meu cunhado disse para minha mãe: "Dona Alda, nesse mundo tem muita droga e prostituição, não deixe sua filha entrar nisso, ela pode até engravidar.É muito ingênua.
Então minha mãe respondeu:
"Se ela se drogar, eu cuido dela. Se ela se prostituir, não deixarei de estar ao lado dela. Se ela engravidar, eu cuido do bebê dela. Mas nada disso vai acontecer porque eu sei a filha que eu tenho."
Sempre que me ofereciam bebida, maconha e outras coisas, eu me lembrava que não deveria decepcionar a minha mãe."
Xuxa em depoimento à revista WOW - março 2017





Deus, cuida bem do pai, do Cyra e prepara tudo que minha mãe está chegando e ela não sabe de nada, tá? Ela precisa ser recebida com muito amor, pois merece todo amor desse e do outro mundo. Por favor, diga para ela que eu sinto muita falta do seu abraço, da sua voz, e que ela, sem dúvida é a melhor mãe do mundo!
Observação: fala no ouvido dela: sua filha te ama muitooooooooooooooooo.

Xuxa, quando perguntada sobre o que gostaria de escrever numa 
carta para Deus - Revista WOW - março 2017




Voa, voa, passarinho
Pássaro mais lindo...
Acorda e voa!
[Versos da canção que Junno compôs para D. Alda}

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Andrey Castro disse...

Nossa, que lindo! Que a querida Alda descanse em paz. Agora, mudando de assunto, a fundação não existe mais?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...