quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Dancing Brasil 4 - Ep.05 (24/10/2018) || Brasil ||

Nunca o "Dancing" foi tão BRASIL. O 5º episódio dessa temporada foi totalmente dedicado ao nosso país. A ideia de homenagear nossa pátria já tinha acontecido lá na 2ª temporada (episódio 8), mas de forma, digamos, reduzida. Naquele dia, o programa foi dividido em duas partes e a primeira foi composta só por músicas nacionais (foi literalmente meio Dancing / meio Brasil). Já na apresentação de ontem TODAS as músicas foram nacionais (vamos relevar que uma delas, Fascinação, é, na verdade, versão de uma música francesa, mas ficou tão conhecida por aqui que a gente até esquece esse detalhe).



🔰Uma nova mudança irá acontecer...
Ao som de Elis Regina, na canção "Velha Roupa Colorida", tivemos mais um número de abertura (que continue assim pelas próximas semanas🙏), a apresentação começou os bailarinos movimentando placas de trânsito gigantes pelo palco. Claro que isso não era aleatório, a performance tinha tudo a ver com a letra da música. O Dancing estava construindo o novo Brasil, onde não se pode ficar parado. Deu até para identificar alguns movimentos com uma certa crítica ao momento que estamos vivendo ou vamos viver, vai saber... Ao final, os participantes tomaram seus lugares ao lado de seus partners e as placas se tornaram uma bandeira do Brasil estilizada e estrategicamente sem a cor branca, pois isso coube à nossa Dancing Queen (ok, é tudo Brasil, mas esse é o título dela, então vai em inglês mesmo) que surgiu para completar a bandeira. No vídeo, o efeito funcionou bastante.

Xuxa foi a cor branca da bandeira do Dancing Brasil...


... cujo lema é "Ordem, Dança e Progresso"
Foto: Blad Meneghel


🔰E o passado é uma roupa que não nos serve mais
E por isso a loira veio com um novo modelo da grife Martha Medeiros e cheia de joias Vivara. Junno, nosso coapresentador veio todo elegante num terno esporte de Ricardo Almeida.

Xuxa e Junno: visual informal-chique-dancefloor-tupiniquim
Foto: Blad Meneghel


🔰 No presente a mente, o corpo é diferente
Com três participantes a menos, o programa ganhou um "respiro". Isso nitidamente deixou Xuxa e Junno mais a vontade e com tempo para saírem um pouco do roteiro. Aliás, o maridão da loira ontem estava tão mais leve que a gente até esquece do nervosismo que ele chegou a transparecer nos primeiros episódios. A sintonia dos dois está cada vez maior e o deboche também (e a gente adora isso, continuem, por favor!)

E numa dessas "saídas" de roteiro, Junno cravou a pérola da noite: "corpinho de Photoshop!" Foi o que ele disse depois que Xuxa elogiou a boa forma de Allan Souza. Espontâneo e divertido, pareceu até um ciuminho do que Xuxa disse.

"Corpinho de Photoshop": Junno fazendo a loira gargalhar

Photoshop mesmo foi só na brincadeira do Junno, porque na pista de dança foi tudo bem real. A noite foi de altos e baixos, alguns participantes que vinham se destacando deram uma caída e vice-versa. Vamos aos destaques da noite:


O que é que a Baiana Luciana tem?
Lu Andrade e Marquinhos fizeram uma surpreendente apresentação de samba ao som de Carmem Miranda. A integrante do Rouge vem demonstrando garra e força de vontade desde o primeiro episódio, mas foi nessa apresentação que ela finalmente disse a que veio. A moça conseguiu sua melhor nota da temporada.

Já pode fazer um kit: "Cante e dance com a Lu Andrade "Miranda"
Aprenda do Cha Cha Cha ao Quickstep, do Ragatanga ao Tico-Tico no Fubá
Foto: Lucas Henrique


A menina dança (pra caramba) 
Falando em samba, quem chegou "sambando na cara da sociedade" foi o casal Pérola e Fernando. E isso não foi só porque também fizeram uma apresentação de samba, eles simplesmente conseguiram não só o primeiro dez, conseguiram o PRIMEIRO TRIPLO DEZ da temporada.


Melhor que a reação de Pérola e Fernando, só a cara de satisfação de Paulo Goulart Filho ao fechar a votação do casal de "danadoooos"

Você que está lendo agora, segue nosso conselho: vai lá no R7 e assiste a apresentação desses dois para entender do que estamos falando. Não tem como descrever, mas a gente tenta: uma das melhores apresentações de todas as edições do programa. Nem os jurados conseguiram se conter na empolgação. A dupla que já coleciona um adjetivo carinhoso de Xuxa a cada semana, ganhou "delícia" dessa vez. E foi mesmo!


As definições de "Triplo Dez" foram atualizadas com sucesso


www.Poderosa.com
Já que estamos no terreiro do samba, apostamos que você já está pensando na Valéria Valenssa... Sim, pensou certo, mas pelo motivo errado. A moça deu seu show dançando... TANGO. Sim, o ritmo não é brasileiro, mas Valéria e Jefferson se incumbiram de pintá-lo de verde e amarelo, captando todos os olhares. Garantiram a segunda maior nota da noite. Xuxa ficou tão empolgada com a apresentação que até relembrou o apelido que deu à Valeria quando ela participou do programa Xuxa Meneghel em 2015:

Globeleza = samba
Recordbeleza = samba, tango, jive, cha cha cha, quickstep, zouk, valsa...


És Fascinação
A apresentação de Juliana Rios e Tutu pode não ter agradado 100% aos jurados, que estavam bem rigorosos, mas foi um show de luzes e projeções no palco, daqueles de deixar todo mundo literalmente "fascinado".

"Nos cenários mais lindooos, dancei..."
E Xuxa não ficou ilesa a essa atmosfera de sonho criada pelo casal: depois de deixar bem claro para Junno que quer uma dança igual, ela ainda saiu em defesa quando Jaime teve mais um de seus rompantes de Malvado Favorito:

Jaime: "Era um sonho, mas eu acordei"
Xuxa: "Acordou? Então vai dormir!"


🔰 Você não sente, não vê...
As músicas! O repertório escolhido para a noite foi merecedor de triplo dez. De Marisa Monte a Maiara & Maraisa, o Dancing nos fez lembrar o quanto nossa música e boa e, às vezes, não valorizada como deveria ser. Olha só:

Abertura:  Velha Roupa Colorida [Ellis Regina] (1976)

1. Amaral & Bruna BaysAmor I Love You [Marisa Monte] (2000)
Ritmo: Tango
Nota: 22

2. Lu Andrade & MarquinhosO Que É Que A Baiana Tem? [Carmem Miranda] (1939)
Ritmo: Samba
Nota: 24

3. Oscar Filho & Dani De LovaEpitáfio [Titãs] (2002)
Ritmo: Foxtrote
Nota: 27

4. Pérola Faria & Fernando PerrottiA Menina Dança [Marisa Monte] (1996)
Ritmo: Samba
Nota: 30

5. Nizo Neto & Luana ZeglinMedo Bobo [Maiara & Maraisa] (2016)
Ritmo: Zouk
Nota: 21

6. Juliana Rios & TutuFascinação [Nana Caymmi] (1998)
Ritmo: Valsa
Nota: 26

7. Bernardo Velasco & Bia MarquesDesabafo [Nelson Gonçalves] (1980)
Ritmo: Tango
Nota: 22

8. Camila Rodrigues & Djeiko HenesCheguei pra te Amar [Ivete Sangalo e MC Livinho] (2017)
Ritmo: Zouk
Nota: 23

9. Allan Souza Lima & Carol DiasMeu Erro [Os Paralamas do Sucesso] (1984)
Ritmo: Quickstep
Nota: 23

10. Valéria Valenssa & Jefferson AndradeCapitu [Zélia Duncan] (2004)
Ritmo: Tango
Nota: 27

11. Beto Marden & Bella FernandesVocê Não Soube Me Amar [Blitz] (1982)
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 24



🔰 Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo...
O momento difícil de cada noite tinha que chegar e trouxe surpresas: Oscar Filho, que vinha numa trajetória ascendente desde o primeiro episódio, acabou na zona de risco. O mesmo aconteceu com Amaral, outra grande promessa da temporada, que não se saiu bem no tango e foi para a incômoda situação. Nizo Neto, por sua vez, que esteve em todas as zonas de risco, viveu novamente a situação, mas dessa vez não escapou e deixou o programa.



🔰 E precisamos rejuvenescer
Nada mais atemporal, mais imune ao tempo do que a música. Na próxima semana o Dancing homenageará a obra imortal de Michael Jackson, que, se estivesse vivo, teria completado 60 anos no último dia 29/08. 


Who's Bad? Michael...
Who's Best? Shoo-Sha

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Dancing Brasil 4 - Ep.04 (17/10/2018) || Cinema ||

Sabem o ditado "um é pouco, dois é bom, três é demais"? Pois é, foi demais! Foi digno da sétima arte, foi puro entretenimento. Estamos falando da III Noite de Cinema do Dancing Brasil que transformou a pista de dança do programa numa super telona. "Luz, câmera, ação" foi pouco, teve paixão, emoção, diversão e até aflição.

O quê? Não vai assistir Dancing Brasil hoje?
Então, tchau!

📽 Teaser >> Making Of 
Seguindo a fórmula das grandes produções, a nossa Dancing Queen soltou um "teaser" do que estavam preparando para o 4º episódio da temporada quando respondeu a um seguidor de seu instagram que estavam ensaiando "Grease".



Não demorou para o teaser virar um trailer ou seria um making of? O perfil da loira postou, dias depois, trechos dos ensaios e já pudemos conferir os primeiros movimentos de Xuxolivia Newton-John e Junno Travolta.

As travoltas que o mundo dá: Xuxa e Junno dançando Grease
💕💕💕


📽 Opening Scene
O programa já começou mostrando a que veio. Junno e os bailarinos do programa dançaram "Greased Lightnin'" que estrategicamente formou um medley com "We Go Together" para a entrada de Xuxa e as bailarinas.  É... não escolheram as clássicas "You're the One That I Want" ou "Summer Nights", afinal o Dancing já deixou claro que gosta de surpreender, o que também se aplica a dona Xuxa. Quem esperava aquela levantada de perna?

55 anos, tá bom pra você?
#XuJu55


📽 Figurino
Michelly X foi a responsável pelo figurino da nossa Sandy(o nome da personagem principal do filme) e conseguiu fazer um 2 em 1 digno de aplausos. Para a performance: calça coladinha típica dos anos 50; para o restante do programa: uma saia longa que fez a transição de Sandy para Xuxa. Junno também deixou o Danny Zuko (protagonista de Grease) na abertura e voltou com mais um dos seus ternos super elegantes.

Foto: Blad Meneghel

Nosso Dancing Couple n.1 antes e depois de Grease


📽 Maquiagem e Caracterização
Temos ainda 12 participantes, então não dá pra esticar muito a conversa no programa. Obviamente cada artista levou para o palco um filme e a performance foi ao som de alguma música da respectiva trilha sonora. Ah, vale ressaltar que nenhum filme apresentado nos episódios da 1ª ou 3ª temporada foi repetido. Tudo novinho em folha! Não dá para comentar todo mundo, então seguimos na ideia de destacar as melhores performances ou as melhores caracterizações. Um Oscar® para essa equipe de maquiagem e figurino do Dancing Brasil era o mínimo!

* Oscar Powers ou Austin Filho?  O primeiro destaque da noite foi Oscar Filho, que ficou a cara do Austin Powers. O humorista e sua partner Dani De Lova acertaram em cheio na escolha do atrapalhado agente secreto britânico. O show ainda continuou depois da apresentação, Oscar estava afiado no humor e ainda fez uma proposta divertida para Xuxa, garantindo gargalhadas de todos. E tem mais, o rapaz ainda arrancou um triplo NOVE dos jurados, o primeiro da noite.

"Larga o Junno, Xuxa!"
O Junno ela não larga, Oscar Powers... mas quem sabe ela não te contrata pra ser garoto de teste da Espaço Laser?

* EdMarden Mãos de Tesoura: mais um triplo dez para a caracterização. Beto Marden e Bella Fernandes podiam facilmente se passar por Edward e Kim (do filme Edward Mãos de Tesoura). Já a apresentação não empolgou tanto os jurados e o rapaz quase foi pra zona de risco.

Zona de Risco? Corta essa!


* Lispérola e o Prisioneiro: Pérola Faria e Fernando Perrotti receberam a responsabilidade de representar o cinema nacional na pista de dança. Ao som de "Você Não Me Ensinou a te Esquecer", tema de Lisbela e o Prisioneiro, a dupla mostrou que não dá mesmo pra esquecer que eles estão arrasando. Novamente triplo NOVE, o segundo e último da noite. A gente arrisca dizer que ia sair um dez ali, mas, segundo o Jaime, ainda está cedo pra dizer que está perfeito, pois "é só o 4º programa..." Ah, Jaime, pra que deixar pra amanhã o que se pode fazer hoje? Paulo Goulart Filho ainda emendou que foi o melhor tango da temporada.

Estrelando: Pérola Faria e Fernando Perrotti
Participação Especial: Jaime Arôxa


📽 Crítica Especializada x Público
Falando nos jurados, Jaime Arôxa estava tão exigente na hora de avaliar as performances que nossa Rainha não se conteve e se tornou, involuntariamente, um exemplo perfeito para o estudo da linguagem corporal. A gente ama isso! Obrigado ao nosso Malvado Favorito Jaime.

Aquele momento que você quer entrar na conversa, mas tem que se conter...


Quer mais? Na hora da alegria, a loira também mostrava que sabe usar o corpo para se expressar. E aquela dancinha com o Amaral, logo depois que o ex-jogador mostrou seu lado "intocável"?

Aquele momento que te chamam pra conversa e você vai poder dizer umas verdades...


📽 Trilha Sonora
A banda do Dancing voltou e trouxe os clássicos dos filmes para o programa. A exceção foi a música escolhida para Beto Marden, a única que não fez parte da trilha sonora original do filme que ele representou (Edward Mãos de Tesoura). Dá uma conferida no que rolou:

Abertura: Medley: Greased Lightnin'
                               We Go Together [Cast of Grease] (1978)

1. Allan Souza Lima & Carol DiasTwist and Shout [The Beatles] (1963)
Filme: Curtindo a Vida Adoidado (1986)
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 23

2. Camila Rodrigues & Djeiko HenesCrazy in Love (2014 Remix) [Beyoncé] (2014)
Filme: Cinquenta Tons de Cinza (2015)
Ritmo: Tango
Nota: 24

3. Oscar Filho & Dani De LovaSoul Bossa Nova [Quincy Jones] (1962)
Filme: Austin Powers: Um Agente Nada Discreto (1997)
Ritmo: Quickstep
Nota: 27

4. Valéria Valenssa & Jefferson AndradeListen [Beyoncé] (2006)
Filme: Dreamgirls (2006)
Ritmo: Rumba
Nota: 25

5. Beto Marden & Bella FernandesHora Zero [Rodrigo y Gabriela] (2009)
Filme: Edward Mãos de Tesoura (1990)
Ritmo: Paso Doble
Nota: 23

6. Lu Andrade & MarquinhosLady Marmelade [Christina Aguilera, Lil' Kim, Mýa, Pink] (2001)
Filme: Moulin Rouge (2001)
Ritmo: Tango
Nota: 22

7. Amaral & Bruna BaysBoogie Wonderland [Earth, Wind & Fire] (1979)
Filme: Intocáveis (2011)
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 25

8. Juliana Rios & TutuNowhere Fast [Fire Inc] (1984)
Filme: Ruas de Fogo (1984)
Ritmo: Jive
Nota: 25

9. Bernardo Velasco & Bia MarquesSpider Man (Theme Song) [Billy Van Singers] (1967)
Filme: Homem Aranha (2002)
Ritmo: Quickstep
Nota: 22

10. Pérola Faria & Fernando PerrottiVocê Não Me Ensinou a Te Esquecer [Caetano Veloso] (2003)
Filme: Lisbela e o Prisioneiro (2003)
Ritmo: Tango
Nota: 27

11. Marcelo Faustini & Thaiane ChuvasOver the Rainbow [Judy Garland] (1939)
Filme: O Mágico de Óz (1939)
Ritmo: Valsa
Nota: 21

12. Nizo Neto & Luana ZeglinBorn To Be Wild [Steppenwolf] (1968)
Filme: Easy Rider (1969)
Ritmo: Tango
Nota: 21


Encerramento: This Is Me [Keala Settle] (2017)
Filme: O Rei do Show (2017)


📽 The End
O encerramento se deu com um número especial dos bailarinos performando "This Is Me", uma das principais canções do filme "O Rei do Show". A coreografia por um momento fez a gente esquecer que a cena final de todo Dancing Brasil não tem final feliz para um dos protagonistas.

Nessa semana, cinco casais foram para a zona de risco: Lu Andrade & Marquinhos, Juliana Rios & Tutu, Bernardo Velasco & Bia Marques (empatados com 22 pontos) e Marcelo Faustini & Thaiane e Nizo Neto & Luana (empatados com 21 pontos).

Marcelo Faustini, que na sua apresentação encarnou o boneco de lata de "O Mágico de Óz" numa caracterização mais bonita até mesmo que a original, fez a gente pensar na busca do personagem por um coração no filme e fez também o coração de quem votou por sua permanência se partir. O Paquito 'genuíno' da loira deixou a competição. 💔😢

Boneco de Lata - Edição Limitada PaquitÓz
numa estrada de tijolos dourados mais próxima de você!





📽 Em Breve...
Xuxa já anunciou que na próxima semana, o Dancing Brasil vai ser mais BRASIL que nunca. Não deu mais detalhes, mas quem quer spoilers? A gente gosta é da surpresa e isso o Dancing faz com maestria. 


Dancing Brasil-sil-sil-sil


quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Dancing Brasil 4 - Ep.03 (10/10/2018)

“O que você quer ser quando crescer?” é a pergunta que toda criança já ouviu e também foi o trilho do 3º episódio do Dancing Brasil 4. Claro, em plena "Semana da Criança" nada mais apropriado que resgatar a época dos sonhos de todo mundo e isso acontecer sob o comando de Xuxa. A “tarefa” da noite era trazer para o palco aquela profissão que o participante sonhava em exercer quando era só um(a) baixinho(a).


As escolhas dos participantes por si só já rendiam uma boa distração. Das clássicas “ser astronauta” (Allan Souza Lima) ou “atriz” (Camila Rodrigues) até as inusitadas “ser vendedor de coxinha” (Oscar Filho) e “patinadora de mercado”(Franciele Grossi). Teve de tudo mesmo! Daqui a pouquinho a gente dá a lista.


👶Quando eu crescer...
A abertura aconteceu com todos os participantes segurando sua foto de crianças frente aos rostos para depois sentarem-se em balanços que eram conduzidos por seus partners. Tudo ao som de “When I Grow Up” (Quando Eu Crescer), música de abertura do musical britânico Matilda (sim, é aquela que você conhece dos filmes da Sessão da Tarde).

E no balanço das horas do Dancing tudo pode mudar....

Aliás, não é só a música que vem do musical, os balanços também fazem parte do número de abertura dele.


A inspiração para a abertura: Matilda, o musical

Xuxa fez sua entrada durante a música com um convidado mais que especial: Eduardo Meneghel Andrade, o Dudu, seu filho de pelo, como ela carinhosamente o chama. Todo mundo sabe da paixão da loira pelos animais e Dudu estava lá para representar seus amigos do mundo animal, afinal a nossa Dancing Queen queria ser veterinária quando criança.


Dudu, em participação especialíssima, representando os animais que poderiam ter sido cuidados pela Dra. Maria da Graça Meneghel, respeitada médica veterinária 


Junno não participou da abertura e só depois da primeira apresentação é que o maridão da loira contou o que era seu sonho de criança: ser artista. Curiosamente, de todos, só Junno, Camila Rodrigues e Amaral já sabiam bem o que queriam e seguiram firme em seus propósitos.



👗Eu quero ser: Estilista
Xuxa permanece firme na sua ideia de guardar o brilho dos figurinos somente para os participantes. Depois da estreia a loira disse que nessa temporada iria dispensar as roupas mais chamativas justamente para dar uma diferenciada das outras temporadas. Mas quem precisa de vestido chamativo quando se é Xuxa? A loira estava toda elegante num vestido longo vermelho de seu próprio guarda-roupa. Junno estava com mais um terno de Ricardo Almeida, que já vem vestindo o moço desde a estreia.

Dancing Queen, Dancing Frog e o Dancing Dog
#XuJuDu

Foto: Blad Meneghel


🌃Eu quero ser: Cenógrafo
Falar do cuidado com a produção do cenário e das projeções no palco que a equipe técnica do Dancing tem é chover no molhado. Dá vontade de falar em todas as resenhas... todas! Dessa vez não tinha como passar direto sem registrar os incríveis efeitos durante a performance de Juliana Rios e Tutu Morasi.  O palco se tornou um oceano!

Pensaram que a Record só entendia de abrir o Mar Vermelho?
O mar do Dancing ficou tão bonito que Moisés ia ficar só olhando...


O mesmo palco que já tinha virado uma roleta gigante para o Cassino do Chacrinha onde Valéria Valenssa incorporou uma Chacrete.

Isso é o que podemos chamar de Cassino do Chacrinha versão "deluxe-plus-advanced"


Eu quero ser:
👯Chacrete: Pois é, quem diria que a eterna Globeleza Valéria Valenssa queria ser uma das meninas que dançavam no Cassino do Chacrinha? Valéria surpreendeu até a própria Xuxa, pois sempre foi fã declarada da loira. Claro que ela não ia deixar isso passar: “tá no meu caderninho, viu?” disse dando risada e emendando “nem Bombom você queria ser?”.

Valenssa Furacão, a chacrete secrete... ops, secreta

A apresentação de Valéria não foi só diversão, aliás isso foi só a cereja do bolo. A moça, sob a condução de Jefferson Andrade, foi pura concentração e dedicação e garantiu o primeiro triplo NOVE da temporada.


Valerinhaaaa uh uh!
"Troféu abacaxi" coisa nenhuma!
Valéria e Jefferson garantiram logo o triplo nove

Foto: Blad Meneghel



🕵Investigadora/Detetive: Quem vê Pérola Faria toda delicada, toda "princesa da Disney" – como disse Jaime Arôxa no programa passado – nem imagina que a moça está mais para Daphne (ou a Velma) de Scooby Doo, pois quando criança ela gostava de desvendar mistérios. Bom, se tem uma coisa que não tem mistério é seu desempenho ao lado de Fernando Perrotti no programa.


Pérola: de princesa da Disney a solucionadora de mistérios.
Te cuida, Daphne!

A dupla já é dona da maior nota geral e nessa semana também conseguiu seu primeiro triplo NOVE. O quickstep da semana rendeu comentários divertidos – ou traumáticos hahaha– de Xuxa, que acabou se lembrando das ousadias de Fernando na elaboração dos passos. “Doideira!” arrematou a loira.


Pérola e Fernando: maiores notas no placar geral até agora


👩‍👦Filho: dois participantes não escolheram uma profissão específica, preferiram dedicar a apresentação a suas mães. Amaral e Marcelo Faustini.
Quando todos pensavam que Amaral falaria o óbvio: ser jogador de futebol, ele surpreendeu a todos quando contou que sua infância era tão difícil que ele nunca teve a fantasia de "ser isso ou aquilo". Fosse o que fosse, ele só queria que aquilo o possibilitasse dar uma melhor condição financeira a sua mãe. Não teve como não se emocionar. Bruna Bays representou a mãe de Amaral na valsa que os dois dançaram “com o coração” como definiu Fernanda Chamma ao final. O casal garantiu a terceira maior nota da noite.

A emoção de Amaral ao fim de sua apresentação em homenagem à sua mãe


Marcelo, por sua vez, apesar de uma infância feliz, perdeu sua mãe muito cedo e sua apresentação representou o tempo que ele queria ter a mais com ela. O ritmo escolhido foi a rumba e coube a Thaiane passar para a dança algo tão pessoal e delicado. Xuxa imediatamente se identificou com a escolha de Marcelo e contou que também, por várias vezes, trocaria anos de sua vida por um pouco mais de tempo ao lado de sua mãe Aldinha.

Ao som de Photograph (Ed Sheeran), Marcelo Faustini trouxe para o Dancing a saudade de sua mãe



🎧Eu quero ser: cantor /músico
A banda do Dancing Brasil não participou desse episódio, infelizmente. As músicas foram tocadas em playback, mas como a gente sabe que muita gente decidiu ser cantor ou músico graças a uma ou outra música que os marcou quando crianças, segue a lista.

Abertura: When I Grow Up [Matilda the Musical Original London Cast] (2016)

1. Beto Marden & Bella FernandesThe Charleston [James P. Johnson] (1923)
Sonho de Infância: ser palhaço
Ritmo: Quickstep
Nota: 23

2. Valéria Valenssa & Jefferson AndradeFreak Le Boom Boom/Conga La Conga [Gretchen] (1979 e 1981)
Sonho de Infância: ser Chacrete
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 27

3. Bernardo Velasco & Bia MarquesJack Is Back [The Clan] (1999)
Sonho de Infância: ser Jogador de Tênis
Ritmo: Jive
Nota: 16

4. Juliana Rios & TutuAngels [The XX] (2012)
Sonho de Infância: ser bióloga marinha
Ritmo: Zouk
Nota: 25

5. Nizo Neto & Luana ZeglinWilliam Tell Overture [Gioachino Rossini] (1829)
Sonho de Infância: ser jóquei
Ritmo: Quickstep
Nota: 18

6. Camila Rodrigues & Djeiko HenesWhen We Were Young [Roura Band - Cover Version] (2015)
Sonho de Infância: ser atriz
Ritmo: Valsa
Nota: 19

7. Allan Souza Lima & Carol DiasFly Me to the Moon [Frank Sinatra] (1964)
Sonho de Infância: ser astronauta
Ritmo: Foxtrote
Nota: 21

8. Lu Andrade & MarquinhosLet’s Get Loud [Jennifer Lopez] (1999)
Sonho de Infância: ser apresentadora
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 22

9. Oscar Filho & Dani De Lova – Samba do Approach [Zeca Baleiro e Zeca Pagodinho] (1999)
Sonho de Infância: ser vendedor de coxinha
Ritmo: Samba
Nota: 23

10. Franciele Grossi & Lucas NunesShake the Room [Gamu] (2013)
Sonho de Infância: ser patinadora de mercado
Ritmo: Jive
Nota: 18

11. Amaral & Bruna BaysRise Up [Andra Day] (2015)
Sonho de Infância: melhorar sua condição de vida de sua mãe
Ritmo: Valsa
Nota: 24

12. Pérola Faria & Fernando PerrottiCan't Touch It [Ricki-Lee Coulter] (2007)
Sonho de Infância: ser investigadora
Ritmo: Quickstep
Nota: 27

13. Marcelo Faustini & Thaiane ChuvasPhotograph [Ed Sheeran] (2014)
Sonho de Infância: ter mais tempo com sua mãe
Ritmo: Rumba
Nota: 18

Encerramento com os bailarinos: Born Ready (Halogen Mix) [Disco Fries ft. Hope Murphy] (2016)

🙏Eu quero ser: salvo pelo público
Terminadas as apresentações, a nostalgia ficou de lado e veio a aflição da zona de risco e a eliminação. Aquele momento em que o passado já era e que o futuro nunca esteve tão dependente do presente. Os três casais na incômoda situação empataram na nota (18 pontos) e também já sabiam o que os esperava. Nizo Neto e Luana; Marcelo Faustini e Thaiane e Franciele Grossi e Lucas repetiram a zona de risco da semana passada e dessa vez, a menos votada foi Franciele (29,71% dos votos) numa disputa bem mais equilibrada que a de semana passada.



🕙 Semana que vem tem mais e, novamente, Xuxa não falou se o programa será temático. Uma coisa é certa: vai ser mais uma agradável noite de dança sob o comando da nossa Dancing Queen. Ah, Record, quando a gente fala noite de dança, não precisa ser tão de noite, viu? O Dancing merece ser visto por mais gente, meia horinha mais cedo já ajudaria...

Já queremos o Dancing Mágico de Óz, viu, Record?
Advinha quem ia ser o Totó, o cachorrinho da Dorothy?
😍😍😍

Foto: Blad Meneghel

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Dancing Brasil 4 - Ep.02 (03/10/2018)

Passada a euforia da estreia, o Dancing Brasil volta ao seu andamento normal, mas isso não quer dizer menos interessante. Pelo contrário, o episódio de ontem já é forte candidato para figurar entre os mais memoráveis da temporada.

"Qual o momento mais marcante de sua vida?" foi o tema da noite. Tema que já nos acostumamos e até esperamos, afinal ele aconteceu na 1ª e na 3ª temporada. Obviamente, Xuxa não repete os momentos justamente para manter a novidade. Na primeira temporada, ela escolheu a chegada de Sasha; na terceira, sua mudança do Rio Grande do Sul para o Rio de Janeiro quando tinha 7 anos e nesta temporada, o momento escolhido foi sua carreira internacional com especial carinho ao público argentino, o primeiro a recebê-la de forma tão carinhosa. O que é mais que recíproco, Xuxa fez questão de "vestir" as cores da bandeira e ainda fez uma especial referência ao fã Hernan Mondragon, que faleceu no último dia 19, vítima de um ataque cardíaco dada sua emoção ao reencontrar Xuxa no aeroporto de Buenos Aires.

A carreira internacional, em especial a da Argentina, foi o momento escolhido por Xuxa como o mais marcante nesta temporada
Foto: Blad Meneghel


A interatividade
Antes de falarmos sobre como o tema mexeu com nossos participantes, temos que registrar o quanto mexeu também com quem assistiu o programa. A mesma pergunta foi colocada nas redes sociais da loira e rendeu depoimentos emocionados e apaixonados como os de gente que os fãs da loira conhecem bem:

Michelly X, uma das atuais estilistas da loira; Marcella Siede, Garota do Zodíaco na época do Planeta Xuxa e David Brasil, promoter que foi repórter no Planeta Xuxa, elegeram seus momentos ao lado da loira como os mais marcantes.


E como será que se sentiu quem já esteve nessa situação de dançar seu momento ao ver toda essa dinâmica de novo? A gente bem queria perguntar para a Marina Elali... Pois é, a cantora ficou lá na primeira fila assistindo a tudo e matando a saudade da loira.

Visita Especial: Marina Elali matou as saudades e conferiu tudo direto da primeira fila
Foto: Reprodução Instagram 


Sem dança por quê?
Como não teve vinheta e nem número de abertura, Xuxa já começou o programa no palco logo após a apresentação de Marcos Mion direto d'A Fazenda. Por que isso? Bom, não houve explicação, mas temos duas teorias: nas temporadas anteriores, esse tema foi apresentado no episódio n.5, ou seja, eram três participantes a menos para contar suas histórias, o que fazia com que sobrasse mais tempo. Ou simplesmente preferiram a agilidade do link direto com A Fazenda para segurar a audiência do reality.


Corpo Feliz
Levando em conta o tema, pode parecer que toda a noite foi mais carregada. Sim, houve momentos mais intensos, mas sobrou muito espaço para o bom humor, especialmente o de Xuxa que diversas vezes ao longo do programa fez suas tiradas divertidas. Uma das brincadeiras mais recorrentes da loira na noite foi perguntar para Jaime Arôxa se ele achava que o participante estava com o "corpo feliz" ao que todos devolviam com risadas. Ficou sem entender? Infelizmente, a brincadeira só foi entendida por quem participou da gravação, mas a gente conta. Ou melhor, a gente mostra:



A Dança da Vida
Seria justo que falássemos de cada momento escolhido pelos participantes, pois apesar de diferentes, sua importância é a mesma para cada um deles e toda boa história de vida merece ser conhecida. Mas existem as limitações do tamanho do texto, então optamos por comentar algumas das mais emocionantes ou das que obtiveram as melhores notas na apresentação. Convidamos vocês a assistirem todas as performances no canal oficial do Dancing no YouTube ou, se quiserem ver as performances com os VTs dos participantes, o serviço PlayPlus da RecordTV (*conteúdo pago).

▶️ Juliana Rios: a jornalista escolheu sua decisão de ser mãe e sua apresentação de paso doble sob a condução de Tutu trouxe para o palco toda sua persistência até que seu desejo se realizasse. Ao final, Juliana não conteve a emoção e chorou.

A emoção de Juliana ao dançar em homenagem à sua filha Vitória


▶️Nizo Neto: a coragem do ator e mágico foi o principal elemento de sua apresentação. Ao contrário de todos os participantes que escolheram momentos que trouxeram alegria, Nizo escolheu aquele de maior dor: a perda de seu filho Rian em 2016. Não houve como não se emocionar e aprender com sua postura e apresentação. Se Nizo merece nosso aplauso pela coragem em expor algo tão dele, Luana Zeglin, sua partner merece nosso aplauso pela delicadeza com que conseguiu transpor todo esse momento para uma coreografia de rumba.

Nizo Neto: coragem que supera qualquer limite na dança
Foto: Blad Meneghel


▶️Oscar Filho: a alegria foi a mola da apresentação. O ator e humorista escolheu sua entrada para o elenco do CQC (extinto programa da Rede Bandeirantes) como seu marco. Cha Cha Cha foi o ritmo e Dani De Lova soube trazer toda a irreverência que pautava o programa para a pista de dança. Até os jurados entraram na dança. Resultado: segunda maior nota da noite!

Dancing Brasil ou CQC? Até os jurados entraram na onda de Oscar Filho e Dani De Lova


▶️Pérola Faria: alguns atores escolheram o momento em que conseguiram papéis marcantes em obras na TV ou teatro, Pérola foi uma dessas. A atriz escolheu sua interpretação para Kassaia, personagem da novela "O Rico e Lázaro" da RecordTV. Se tivemos emoção e alegria nas apresentações já comentadas, agora tivemos beleza e contemplação. A forma como Fernando Perrotti conduziu Pérola na valsa fez a gente lembrar daqueles bailes de gala nos salões dos filmes. "Uma princesa da Disney" disse Jaime. E o príncipe e a princesa do Dancing fizeram bonito: maior nota da noite!

Walt Disney Pictures apresenta... não, péra!


Momento Xuxa: 8 ou 80
A Dancing Queen foi aos extremos: falando como fã dos anos 80 e apavorando quem é fã dos anos 80. Na apresentação de Marcelo Faustini, o rapaz trouxe para o palco o momento em que foi descoberto por uma produtora do programa de Xuxa enquanto andava pela rua e foi convidado para ser o primeiro Paquito. Xuxa não se conteve e disse o que 99% do público esperava ver quando ele disse o momento escolhido: "aaaah, pensei que ele vinha vestido de Paquito". Nós também!

Já diz o ditado: a voz da Xuxa é a voz do povo...

Momentos antes, durante a apresentação de Camila Rodrigues - que escolheu sua interpretação de Nefertari em "Os Dez Mandamentos", novela da RecordTV como seu momento - a loira quase infartou uma parcela de fãs que não se conformam até hoje com seu corte de cabelo (isso porque já são quase 20 anos de cabelo curto): "Como foi quando rasparam seu cabelo na novela?" perguntou a loira toda interessada. Diante da resposta de que foi "prático", a loira emendou "eu bem tenho vontade de raspar o meu também". Rainha afrontosa! hahaha

_ Xuxa, não corta mais o cabelo...
_ Tá, não vou cortar.
_ Não?!? Que bom!
_ Vou raspar...

(As definições de "afrontosa" foram atualizadas com sucesso)



Cantando junto
Já virou rotina a banda do Dancing Brasil dar seu show a parte. Nessa semana, as versões de Telegrama (Zeca Baleiro), Crazy (Aerosmith) e Tocando em Frente (Renato Teixeira) provaram que esse pessoal é triplo DEZ na reinvenção das músicas. Sabe o que mais teve? Confere na nossa listinha:

1. Allan Souza Lima & Carol DiasLa Belle de Jour [Alceu Valença] (1991)
Momento Marcante: Participação no Festival de Gramado e Festival de Cannes
Ritmo: Rumba
Nota: 18

2. Juliana Rios & TutuNumb  [Usher] (2012)
Momento Marcante: A decisão de ser mãe
Ritmo: Paso Doble
Nota: 21

3. Amaral & Bruna BaysRock-Enredo [Franco Scornavacca] (1977)
Momento Marcante: Entrada no Palmeiras FC
Ritmo: Samba
Nota: 21

4. Lu Andrade & MarquinhosCrazy [Aerosmith] (1994)
Momento Marcante: Bolsa de Estudos para estudar canto em São Paulo
Ritmo: Valsa
Nota: 18

5. Bernardo Velasco & Bia MarquesYou Only Live Once [The Strokes] (2006)
Momento Marcante: Ser protagonista da novela Belaventura (RecordTV)
Ritmo: Foxtrote
Nota: 16

6. Camila Rodrigues & Djeiko HenesCoisa Linda [Tiago Iorc] (2015)
Momento Marcante: Ser a protagonista Nefertari de “Os Dez Mandamentos”
Ritmo: Jive
Nota: 18

7. Nizo Neto & Luana ZeglinTry It On My Own [Whitney Houston] (2002)
Momento Marcante: A perda do primeiro filho, Rian, em 2016
Ritmo: Rumba
Nota: 12

8. Dadá Coelho & Renato ZóiaAlguém me Avisou [Dona Ivone Lara] (1981)
Momento Marcante: Ingressar na faculdade
Ritmo: Samba
Nota: 14

9. Oscar Filho & Dani De LovaShoot to Thrill [AC/DC] (1980)
Momento Marcante: Entrar na equipe do programa CQC (Bandeirantes), em 2008
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 17

10. Pérola Faria & Fernando PerrottiTocando em Frente [Maria Bethânia] (1990)
Momento Marcante: Interpretar Kassaia na novela “O Rico e Lázaro” (RecordTV)
Ritmo: Valsa
Nota: 23

11. Marcelo Faustini & Thaiane ChuvasBurning Love [Elvis Presley] (1972)
Momento Marcante: Se tornar Paquito
Ritmo: Jive
Nota: 15

12. Franciele Grossi & Lucas NunesTelegrama [Zeca Baleiro] (2002)
Momento Marcante: Seu Casamento
Ritmo: Cha Cha Cha
Nota: 13

13. Beto Marden & Bella FernandesCantiga do Acordar [Chico Buarque, Edu Lobo e Zizi Possi] (2001)
Momento Marcante: Quando foi aprovado para o elenco do musical Cambaio
Ritmo: Valsa
Nota: 21

14. Valéria Valenssa & Jefferson AndradeNão Quero Dinheiro(Só Quero Amar) [Tim Maia] (1971)
Momento Marcante: Se tornar símbolo do carnaval brasileiro
Ritmo: Jive
Nota: 21


Primeira Eliminação
Como nas temporadas anteriores, as notas da noite foram somadas às do programa anterior e as três menores deixavam seus donos na zona de risco. Com isso, Marcelo Faustini (31 pontos), Franciele Grossi e Nizo Neto (ambos com 30 pontos) e Dadá Coelho (24 pontos) foram os escolhidos. Na disputa pela preferência do público, Dadá Coelho recebeu apenas 18,64% dos votos e deixou o programa.

#ElaNão

O diferencial nesta eliminação é que o resultado, de certa forma, já era mais que esperado. O desempenho da moça já não estava dos melhores - suas notas foram as menores de todas temporadas - e contar com a preferência do público era algo tão difícil quanto um participante conseguir triplo dez em todas suas apresentações, afinal sua rejeição era imensa entre os fãs da loira por conta de uma série de comentários maldosos que fez sobre Xuxa no passado. Nem sempre o que é perdoado, é esquecido (pelo menos não pelos fãs).

Para semana que vem, nada foi anunciado. Mas a gente fica com a certeza do que Jaime Aroxa falou no fim do programa: "esse parece que vai ser o Dancing mais equilibrado entre os competidores". E você já tem o seu(sua) favorito(a)?

Um Dancing Beijo da Dancing Queen
Até semana que vem!








LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...